Meirelles
Reprodução
Henrique Meirelles é secretário da Fazenda e Planejamento do Estado de São Paulo

Nesta segunda-feira (17), durante a coletiva realizada pelo governo para atualizar a situação da pandemia da Covid-19 no estado , Henrique Meirelles, secretário da Fazenda e Planejamento, exaltou a manutenção de empregos e vidas promovida pelo Plano Saõ Paulo.

"O que gerou a crise econômica e a perda de empregos foi a pandemia , e não as medidas para combater a pandemia. O estudo mostra que foi exatamente o oposto: aquelas regiões que tiveram adesão maior e mais completa às medidas de prevenção, e que foram reabrindo de acordo com o plano, foram as regiões que perderam menos emprego", disse Meirelles .

O estudo ao qual o secretário se referiu foi apresentado mais cedo pela coordenadora do Conselho Econômico do Estado de São Paulo , Ana Carla Abrão: feito por pesquisadores da FIPE e da USP, trouxe  detalhes sobre a preservação de 318 mil empregos no estado por conta exatamente das regras implementas no Plano São Paulo pelo governo estadual.

"Isso confirma que uma adesão maior gera um resultado melhor, visto que isso afeta um dos componentes fundamentais da atividade econômica , que é a confiança. Não adianta uma política visando preservar emprego ou a atividade econômica às custas da saúde porque isso não funciona. O efeito é o contrário: gera uma queda do nível de confiança , que traz incerteza e aumenta a queda da atividade econômica", apontou o secretário.

"Portanto, o resultado confirma o que mostramos desde o início do processo, que o que causa perda de emprego é a pandemia, e as medidas que a combatem, que protegem a população - e esse estudo mostra isso com muita precisão - preservam não apenas vidas, mas também empregos", finalizou Meirelles.

    Veja Também

      Mostrar mais