currículo
shutterstock
Segundo levantamento, é preciso enviar currículo entre 30 e 50 vezes para conseguir um emprego

A crise no mercado de trabalho provocada pela pandemia já pode ser sentida por milhões de brasileiros. No segundo trimestre deste ano, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), 8,9 milhões de trabalhadores foram demitidos . Para fugir das estatísticas negativas sobre emprego, ter um currículo bom pode fazer toda a diferença. Não desistir de tentar vagas após negativas também é essencial.

Estudo feito pela Zety, site sobre carreiras com especialistas da área, mostra alguns pontos essenciais que diferenciam um bom currículo . Além de torná-lo mais atrativo, é importante ainda saber que o momento do mercado de trabalho é atípico, conturbado, e que é preciso seguir tentando uma vaga e enviando currículos, desde que você cumpra os requisitos para os postos aos quais concorre, evidentemente. O levantamento mostra que, para conseguir um emprego, é preciso enviar de 30 a 50 currículos, já que as chances de sucesso por candidatura são, em média, de 2% a 3,4%. Confira o estudo na íntegra aqui .

O estudo mostra ainda que somente um a cada dez, 10% dos candidatos que enviaram currículo, é chamado para uma entrevista de emprego , e apenas 20% desses recebem, de fato, uma proposta.


Segundo a Zety , um fator que ajuda a explicar o baixo sucesso dos currículos enviados é o fato de que muitos não saem do lugar comum, que é usar um currículo padrão para todas as vagas. O ideal, segundo o site, é que o seu currículo seja adaptado para cada vaga. Como cada posto de trabalho tem sua especificidade, a dica é se adaptar a elas e adequar o currículo a cada nova realidade, destacando que os requisitos da vaga são cumpridos e mostrando quais os diferenciais de seu currículo para que você seja o dono daquele emprego.

Ser prolixo não costuma ser um problema, embora tudo tenha limite. A recomendação é que o currículo tenha duas páginas. O estudo da Zety mostra que um currículo com duas páginas tem 2,9 vezes mais chance de ter sucesso do que um currículo de uma página em disputas por cargos gerenciais, e há 1,4 vezes mais chances de conseguir um cargo de início de carreira com duas páginas de currículo. Ou seja, não tenha medo de exaltar pontos fortes, procurar recomendações de pessoas com quem trabalhou anteriormente e listar cursos e experiências enriquecedoras e com alguma relação com a área buscada.

    Veja Também

      Mostrar mais