congresso
Beto Barata/Agência Senado
Congresso adiou primeira reunião da comissão mista que vai debater a reforma tributária

Prevista para esta quinta-feira (30), a primeira reunião da comissão mista da reforma tributária após o  envio da proposta do governo foi adiada para a próxima terça-feira (4). A informação foi confirmada pela assessoria do relator da proposta, deputado Aguinaldo Ribeiro (PP-PB).

O adiamento ocorre um dia após Ribeiro se reunir com o ministro da Economia, Paulo Guedes, no Palácio do Planalto. Nesta quarta, os dois afirmaram que governo e Congresso estavam alinhados em relação às discussões sobre a reforma tributária .

A comissão da reforma foi instalada em março deste ano, após meses de negociação entre a Câmara dos Deputados e o Senado.

Uma sessão chegou a ser realizada para tratar sobre cronograma de tramitação, mas a pandemia do novo coronavírus (Sars-Cov-2), decretada naquele mês, acabou atrasando o início de fato dos trabalhos.

O colegiado foi criado para acomodar as propostas que já existem hoje no Congresso — uma da Câmara, outra do Senado — e também receber as contribuições do governo.

A primeira parte da proposta do Executivo, que consiste na unificação do PIS e da Cofins, só foi enviada semana passada, abrindo espaço para o início dos trabalhos.

Procurada, a assessoria do senador Roberto Rocha (PSDB-MA), presidente da comissão, não informou a razão do adiamento da primeira reunião.

    Veja Também

      Mostrar mais