Brasil Econômico

Governo de São Paulo anunciou permissão para abertura de salões e barbearias
shutterstock
Salões de beleza poderão abrir em nova flexibilização da capital de São Paulo

Em coletiva nesta quarta-feira, o governo de São Paulo e o prefeito Bruno Covas anunciaram que, a partir de segunda-feira (6), salões de beleza e barbearias poderão reabrir na capital paulista, com horário e capacidade de lotação reduzida.

"Nos salões de beleza é permitido o funcionamento a partir de segunda, ocupação máxima de 40% e funcionamento reduzido de 6 horas e cumprimento dos protocolos do setor", informou a secretária de Desenvolvimento Econômico, Patrícia Ellen.

Os protocolos estão registrados no site do Plano São Paulo. O secretário executivo, João Gabbardo, reforçou que pessoas que fazem parte de algum grupo de risco devem permanecer em casa.

infográfico
Reprodução/ Governo de São Paulo
Salões e barbearias devem seguir algumas regras para funcionamento

Mesmo com o retorno, a recomendação para os grupos de risco continua valendo. "Pessoas com mais de 60 anos e com doenças crônicas devem permancer em casa. Mas o questionamento é: até quando? Essas pessoas deverão permanecer provavelmente até que tenhamos vacina. Enquanto não tivermos, elas terão de sair com todos os cuidados necessários", disse.


    Veja Também

      Mostrar mais