A Cielo foi a empresa que fechou com a maior alta desta segunda-feira (15). A empresa encerrou a sessão com uma elevação de 14,01% cotada a R$ 4,80. Durante o dia, a companhia chegou a operar com uma alta de 34,68%. A forte alta da empresa foi por conta do anúncio de uma parceria com o WhatsApp .

Leia também:

É golpe: site vende máscara, não entrega e mente sobre avaliação

Mercado financeiro espera queda da Selic para 2,25% ao ano

Espera por saque do 'FGTS emergencial' pode durar até 5 meses; veja calendário

Nesta segunda, a Cielo anunciou que fechou uma parceria com o Whatsapp para pagamentos pelo próprio aplicativo, descartando a necessidade de maquininhas. A versão mais atualizada do Whatsapp oferecerá a opção "pagamentos" no menu.

Desta forma, a qualquer hora do dia será possível realizar transações, todos os dias da semana. Também haverá a parte de "histórico de transações".

O usuário precisará somente de um cadastro e de uma validação de seu cartão de débito ou múltiplo (débito e crédito) no WhatsApp .

Ações da Cielo dispararam 34% por conta de parceria com Whatsapp
shutterstock
Ações da Cielo dispararam 34% por conta de parceria com Whatsapp

Para comerciantes será necessário o credenciamento à Cielo por meio da plataforma " WhatsApp Business ". Operações entre pessoas e empresas poderão ser realizadas por meio do débito e crédito . Quando a operação for de pessoa para pessoa, apenas funcionará na modalidade de débito. Nesta modalidade, a pessoa receberá o valor em um dia e na negociação feita por crédito, o valor cairá na conta em até dois dias.

A Cielo comunicou que o valor máximo de transações entre pessoas físicas será de R$ 1 mil. Além disso, poderão receber até 20 transações por dia, tendo um limite de R$ 5 mil por mês. O pagamento de pessoa para empresas não terá limite preestabelecido.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários