Dólar dispara e supera a marca de R$ 4,30 nesta sexta (7), batendo recorde
iStock
Dólar dispara e supera a marca de R$ 4,30 nesta sexta (7), batendo recorde

O dólar comercial dispara e opera com alta na manhã desta sexta-feira (7), atingindo nível recorde ante o real. Às 10h25, a moeda norte-americana é cotada a R$ 4,290, com alta de 0,20%, após a máxima da manhã superar a casa de R$ 4,30 (+0,37%, a R$ 4,3011). O Ibovespa, principal indicador da Bolsa brasileira, a B3, opera com queda de 0,46%, a 114.656 pontos.

Leia também: Governo quer empresas estrangeiras em obras públicas mesmo sem filial no Brasil

A tendência de valorização do dólar persiste nesta sexta em meio a preocupações com o novo coronavírus, que já matou mais de 600 pessoas no mundo, segundo autoridades chinesas. Além disso, resultados econômicos abaixo das expectativas na Alemanha e na França afetam o mercado global.

Na véspera, a moeda também foi palco de preocupação, após bater mais uma vez o  recorde de fechamento diário desde a criação do Plano Real , em 1994. O dólar fechou a quinta com valorização de 1,09%, a R$ 4,2852.

Você viu?

Em doze meses, a moeda americana já se valorizou mais de 15,50%. Somente neste ano, já são mais de 7%. Nos últimos 30 dias, até esta quinta, a alta chega a 5,67%.

De acordo com  O Estado de S.Paulo , em casas de câmbio a moeda já se aproxima de R$ 4,50. Em São Paulo, o dólar turismo varia de R$ 4,44 a R$ 4,49 nas principais casas, segundo o jornal.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários