Agência Brasil

Conta de luz pode ficar mais barata com adoção da bandeira verde em fevereiro de 2020
shutterstock
Conta de luz pode ficar mais barata com adoção da bandeira verde em fevereiro de 2020

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) informou que a bandeira tarifária no mês de fevereiro será verde, ou seja, não haverá custo extra na conta de luz para os consumidores.

No mês passado, janeiro de 2020, a bandeira definida pela Aneel foi a amarela, ou seja, ocorreu uma cobrança extra na conta de luz. Por isso, se o consumo de energia elétrica for o mesmo, o consumidor poderá ter uma redução no valor final da conta de luz.

Consumidores pagarão R$ 20 bi em subsídios nas contas de luz em 2020

Segundo a agência, o mês deverá ser chuvoso nas áreas onde estão localizados os principais reservatórios das hidrelétricas e o custo de geração de energia será menor.

Você viu?

Dessa forma, não haverá necessidade de acionamento das usinas termoelétricas , que custam mais para gerar energia.

Criado pela Aneel, o sistema de bandeiras tarifárias sinaliza o custo real da energia gerada, possibilitando aos consumidores o bom uso da energia elétrica.

Tarifa branca de energia será ampliada a pequenos consumidores em 2020

O cálculo para acionamento das bandeiras tarifárias leva em conta, principalmente, dois fatores: o risco hidrológico (GSF, na sigla em inglês) e o preço da energia (PLD).

Conheça

As bandeiras tarifárias funcionam da seguinte maneira. As cores verde, amarela ou vermelha (nos patamares 1 e 2) indicam se a energia custará mais ou menos em função das condições de geração , sendo a bandeira vermelha a que tem um custo maior e a verde, o menor.

Bolsonaro nega tributação da energia solar e garante veto do Congresso

 Os recursos pagos pelos consumidores vão para uma conta específica e depois são repassados às distribuidoras de energia para compensar o custo extra da produção de energia em períodos de seca.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários