Bolsonaro disse que presidente da Caixa vai ser 'o exterminador dos bancos'
Antonio Cruz/Agência Brasil
Bolsonaro disse que presidente da Caixa vai ser 'o exterminador dos bancos'

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quinta-feira (9), em sua live semanal no Facebook, que o presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, vai se tornar "o exterminador de bancos" devido às vantagens que o banco estatal vem apresentando em serviços como o cheque especial em relação à concorrência.

Leia também: Carne sobe mais de 30% e inflação fecha 2019 acima do centro da meta do governo

"Já está em vigor o novo valor da taxa do cheque especial, que baixou de 13% para 8%. E isso aconteceu porque a Caixa Econômica botou a 5%. O Pedro Guimarães, presidente da Caixa, está de parabéns, porque, se ele não tivesse essa iniciativa, a taxa continuaria em 13%, 14%", defendeu Bolsonaro .

Você viu?

Segundo Bolsonaro, a Caixa vem ganhando quase 500 mil clientes por mês atualmente. "Vale abrir conta lá, pois ela está na frente dos outros bancos. A não ser que os bancos sigam o exemplo da Caixa. Caso contrário, o Pedro vai matar os outros bancos, o Pedro vai ser o exterminador de bancos , com esses números que ele está apresentando, para o cheque especial e outros itens, como o crédito imobiliário", afirmou.

No caso do cheque especial, os bancos seguiram a medida mais vantajosa que partiu da Caixa e também do Banco do Brasil. Primeiro, a redução da taxa, e, após isso, a recusa de adotar a tarifa sobre o cheque em contas com limite acima de R$ 500. Todos os principais bancos do país, exceto o Santander, vão isentar seus clientes da tarifa, o que começou com o BB.

Leia também: Reajuste de aposentadorias e pensões do INSS deve ser de 4,48%, sem aumento real

Bosonaro disse ainda que Guimarães está estudando diminuir a taxa do cheque especial ainda mais, para 4,5%, lembrando que a taxa básica de juros, a Selic, está nesse patamar, que é o menor da história.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários