Tamanho do texto

Veja uma seleção de perguntas muito estranhas feitas por recrutadores e se prepare para respondê-las sem sustos

entrevista de emprego arrow-options
shutterstock
recrutadores utilizam perguntas inusitadas para testar o raciocínio e a criatividade do candidato

"Quantas bolas de tênis cabem em um fusca?", já pensou nisso? Um recrutador já.  E "qual o seu maior defeito de acordo com o seu cônjuge?", se não sabe é melhor descobrir porque o seu próximo emprego pode depender disso.

Encontre emprego no lugar certo: sites divulgam vagas por área de atuação

As perguntas podem parecer estranhas, mas estão cada vez mais comuns em processos seletivos que buscam uma lógica "fora da caixinha".  

"A maioria dessas perguntas envolve a resolução de problemas incomuns, o que pode ser muito útil para avaliar a capacidade de raciocínio e a criatividade do candidato. Geralmente não existem respostas certas ou erradas - o que importa é como a pessoa chegou até elas", explica Luciana Caletti, vice-presidente do site de recrutamento e carreira Glassdoor na América Latina.

"Além disso, há perguntas comportamentais , que visam identificar traços mais profundos da personalidade do candidato e verificar se ele irá se ajustar à cultura da empresa", acrescenta Caletti.

O  Glassdoor fez um levantamento com as perguntas mais curiosas feitas para candidatos em entrevistas de emprego. Elas foram selecionadas entre milhares de perguntas postadas por candidatos no Brasil entre os dias 1 de julho de 2017 e 1 de julho de 2019.

Guia revela cargos e áreas em alta para 2020; salários podem atingir R$ 69 mil

Veja as frases:

  1. Qual o seu principal defeito de acordo com sua esposa?
  2. Qual seria o seu posicionamento caso o seu chefe lhe mandasse fazer uma atividade que não seria a mais correta?
  3. Você prefere lutar com um pato do tamanho de um urso ou com 100 ursos do tamanho de um pato?
  4. Quantas bolas de tênis caberiam dentro de um Fusca?
  5. Qual a população de mulheres esperada para o Brasil em 2020?
  6. Faça uma bula de remédio.
  7. Que desculpa você deu para faltar ao trabalho e vir para a entrevista?
  8. Como você daria um feedback negativo da entrevista para você mesmo?
  9. Quem na dinâmica você não contrataria e por quê?
  10. Como o Google ganha dinheiro?
  11. O que o outro candidato diria para você no momento?
  12. Em que você contribuiu para a sociedade até hoje?
  13. Quantas bolas de basquete cabem num estádio de futebol?
  14. Qual é o seu meme favorito?
  15. Como você faria para organizar um jantar de 40 pessoas para daqui a dois dias?
  16. Como você faz o Brasil um país melhor?
  17. Como você lidará com seu maior defeito durante as atividades da empresa?
  18. Considerando que você possui uma caixa de entrada com mais de 1.000 e-mails não lidos e só pode responder a 10 e-mails, como você faria para escolher os e-mails a serem respondidos?
  19. Como você faria um plano de negócios sem dados nenhum, apenas com suposições?
  20. Qual dos dois você prefere: piano ou guitarra?
  21. Se você fosse um objeto, qual seria?
  22. Se você fosse uma comida, qual seria?
  23. Se você fosse um remédio, como seria (composição, indicação, contraindicação, reações)?
  24. Se você fosse um filme, qual seria?
  25. Se você fosse um super-herói, qual seria?
  26. Que tipo de animal você seria e por quê?
  27. Que personagem histórico você seria?
  28. Se você fosse uma fruta, qual seria?
  29. Se você fosse um biscoito, qual biscoito seria ?
  30. Qual produto da empresa você seria?

Como responder?

Diante de uma pergunta inusitada, como se comportar? Como se preparar para escolher entre piano ou guitarra? Segundo o Glassdoor, é importante manter a calma e ser honesto . Na maioria das vezes, o recrutador busca testar, com essas perguntas, o raciocínio e a criatividade do candidato. 

5 dicas de ouro para se dar bem em uma entrevista por vídeo

Por isso, não existe reposta certa, a justificativa é muito mais importante. É o caso do grupo de perguntas "se você fosse um"...

Segundo a Glassdoor, elas são muito usadas "para conhecer traços da personalidade dos candidatos que não seriam facilmente identificados de outro modo".

"Uma dica para os candidatos: notamos que esse tipo de pergunta pode estar relacionado com o produto ou serviço da empresa em questão. Portanto, é bom ir preparado", diz Caletti.

Outra dica importante, principalmente para as questões de raciocínio lógico , é a preparação.  “Pergunta de raciocínio lógico, é um exercício. Uma vez que você treina um pouco, é muito fácil criar um modelo mental. A minha dica é treinar com alguém que já tenha experiência, que já passou pelo processo, algum mentor da faculdade ou profissional”, aconselha Caletti.

A executiva da Glassdoor salienta que o candidato deve estar preparado , mas que o recrutador não deve exegerar na criatividade. 

"Questões curiosas podem ser uma ótima ferramenta para obter mais informações sobre um candidato. Mas, se o entrevistador não tiver um objetivo claro , lançar uma pergunta dessas sem objetivo pode ser inútil e, em alguns casos, até embaraçoso", pondera.