Tamanho do texto

Índice Geral de Preços-Mercado (IGP-M), usado no reajuste do aluguel subiu 0,68% em outubro desta ano; alta de janeiro a outubro de 2019 é de 4,79%

Agência Brasil

prédios arrow-options
iStock
IGP-M acumula alta de 3,15% em 12 meses, aponta Fundação Getúlio Vargas

O Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M), usado no reajuste dos contratos de aluguel, registrou aumento de 0,68% em outubro deste ano, percentual acima da taxa de setembro, que foi negativa (-0,01%). Com isso, o IGP-M acumula alta de 4,79% no ano e de 3,15% nos últimos 12 meses.

Juros da casa própria estão menores: compare e encontre a melhor opção para você

Os dados foram divulgados nesta quarta-feira (30) pela Fundação Getulio Vargas (FGV). A alta da taxa de setembro para outubro foi puxada pelo atacado , medido pelo Índice de Preços ao Produtor Amplo, que teve taxa de 1,02% em outubro, depois de uma deflação (queda de preços) de 0,09% em setembro.

Preços ao consumidor

Segundo a FGV, o Índice de Preços ao Consumidor, que mede o varejo , teve uma queda nos preços de 0,05% em outubro, uma deflação mais acentuada do que a registrada em setembro, que havia sido de -0,04%.

Caixa lança financiamento da casa própria corrigido pela inflação

O Índice Nacional de Custo da Construção (INCC) também teve queda na taxa, mas continuou registrando inflação. A taxa passou de 0,60% em setembro para 0,12% em outubro.