Libra, a moeda virtual do Facebook
Divulgação
Libra, a moeda virtual do Facebook

Reguladores internacionais vão interrogar o Facebook na segunda-feira sobre seu projeto de moeda virtual , a Libra , em meio a crescentes temores de governos da União Europeia (UE) sobre a ameaça que a criptomoeda pode representar para a estabilidade financeira mundial, revelou neste domingo o Financial Times.

Leia também: Facebook anuncia criação da Libra, sua própria criptomoeda

Autoridades de 26 bancos centrais, incluindo o Federal Reserve (o banco central americano) e o Banco da Inglaterra, vão se reunir com representantes do projeto da Libra na Basileia, na Suíça.

Os criadores da criptomoeda do Facebook deverão responder a várias perguntas sobre a estrutura e o escopo do projeto.

Segundo o jornal britânico, Benoît Coeuré, representante do Banco Central Europeu que vai presidir a reunião, alertou que as exigências para a aprovação da Libra na União Europeia serão muito severas.

Leia também: Congresso dos EUA pede ao Facebook que suspenda desenvolvimento de criptomoeda

O executivo fez o comentário após uma reunião de ministros de finanças da UE em Helsinque, na Finlândia, onde os governos expressaram fortes temores sobre como Libra e outras criptomoedas poderiam desestabilizar o sistema financeiro e minar a soberania dos governos e bancos centrais.

Países como França e Alemanha já criticaram publicamente o projeto do Facebook , afirmando que ele põe em risco a soberania dos países europeus.

    Leia tudo sobre: Facebook

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários