Tamanho do texto

Ele vendia sorvete aos 11 e abriu o primeiro negócio aos 16 anos, uma das atitudes foi buscar conhecimento com empresários mais experientes

Luis Fernando Câmara arrow-options
Divulgação
Luis Fernando Câmara foi vendedor de sorvetes em Cravinhos, no interior de São Paulo e hoje tem empresa com valor estimado em R$ 50 milhões

Luis Fernando Câmara iniciou sua carreira como vendedor de picolé aos 11 anos para poder comprar o lanche da escola. Aos 16 era instrutor de informática e com 17 abriu seu primeiro negócio , uma farmácia.

“Precisei me emancipar para abrir a primeira farmácia, mas não parei mais”, conta o empresário de Cravinhos, interior de São Paulo, que hoje tem uma holding de empresas do setor de educação, varejo e tecnologia que fatura R$ 12 milhões por ano e com valor estimado em R$ 50 milhões.

Montou o negócio de madrugada e comprou empresa onde trabalhava: aprenda com ele

“Determinação, perseverança, disciplina, isso é o básico. O que vai fazer a pessoa ter sucesso no negócio é ter um comportamento probabilístico , ou seja, criar probabilidades para vender”, afirma Luis Fernando que tem, entre seus negócios, a Vox2you, única rede de escolas de oratória do País.

O empresário de 29 anos explica que criar  oportunidades de vendas exige disciplina e ação.

“Se você faz 30 contatos de vendas em um dia, com taxa de conversão de 10%, são três vendas. Se você conseguir multiplicar isso, suas vendas vão crescer. Então, tem que ligar todo dia, não adianta ficar só no planejamento do negócio , é preciso agir”, explica.

Desistir jamais? Empresário abriu mão de lojas e hoje fatura R$ 600 milhões

Segundo Luis Fernando, o comportamento probabilístico também traz escalabilidade ao negócio. A Vox2you foi criada em 2015 e, por meio da franquia , foi sendo replicada pelo país. Hoje são 32 escolas pelo país, mais de 10 mil alunos formados e 300 empregos gerados.

Em 2019, Câmara criou uma microfranquia da Vox2you que permitiu um crescimento de 128% no número de unidades na comparação com 2018. No ano passado eram 14 escolas.

“A escalabilidade está ligada aos canais de venda , é importante ter uma cultura na empresa de criar canais de vendas,  e gastar energia para vender e poder escalar”, ensina.

Inspiração

O contato com outros empreendedores de sucesso também foi um dos fatores de sucesso na avaliação de Luis Fernando Câmara.

Ele conta que em seu primeiro negócio, a farmácia, a segunda unidade não funcionou porque ele não conseguia competir com as grandes redes.

Como ganhar dinheiro na internet? Veja dicas de um milionário do mercado digital

“Quis abrir uma farmácia grande e não deu certo. Então resolvi procurar ajuda entre os empresários de Cravinhos, os milionários, e ninguém quis falar comigo. Então resolvi procurar os bilionários , e fui muito bem recebido”, relata.

Segundo Luis, com cerca de 20 anos, teve apoio de empreendedores como Luíza Trajano , do Magazine Luíza, Flávio Augusto da Silva , da rede Wise Up e Jorge Paulo Lemann , de marcas como Ambev, Henz e Burguer King.

Sociedade

empresarios arrow-options
Divulgação
Luis Fernando Câmara e seu sócio João Valdir Fernandez Junior: crescimento com oratória

Uma parceria também foi a base do sucesso da Vox2you. Em 2010, Luis Fernando decidiu abrir uma empresa de vendas diretas e chamou o coaching e professor de oratória João Valdir Fernandez  Junior para aprimorar a abordagem comercial da equipe.

Ao conhecer a metodologia de Junior, porém, Luis Fernando viu ali uma chance de negócio . “Fizemos uma pesquisa e descobrimos que 60% dos profissionais têm medo de falar em público”, explica.

Ele ainda ressalta a satisfação pessoal que alcançou por atuar no mercado de educação . “Tivemos, por exemplo, um aluno que venceu a gagueira com as nossas aulas e uma aluna que era muito tímida e em quatro meses foi capaz de dar uma palestra para 300 pessoas”, relata.

“Ganhar dinheiro é importante, garantir o conforto da família, mas ainda melhor é ter a oportunidade de mudar a vida das pessoas por meio da educação”, conclui.

Entre os próximos passos de Luis Fernando está a abertura da empresa a investidores na Bolsa de Valores (IPO) em um prazo de dois a três anos.

    Leia tudo sobre: Empreendedorismo