Tamanho do texto

De estagiário a milionário em cinco anos, jovem conta como ganhou dinheiro na internet. Ele fatura mais de R$ 1 milhão por mês com comércio eletrônico

Richard Rodrigues arrow-options
Richard Rodrigues/Divulgação
Aos 21, Richard Rodrigues fatura ao menos R$ 1 milhão por mês com vendas na internet

Há cinco anos o gaúcho Richard Rodrigues era estagiário, ganhava R$ 500 por mês e recarregava cartuchos de impressora. Hoje, aos 21,  é um milionário da internet e fatura entre R$ 1 milhão e 1,5 milhão mensalmente. Como ele chegou lá? Vendendo pela internet.

“Certo dia meu patrão pediu que eu fizesse uma compra pela internet, então me deparei com o e-commerce (loja virtual) pela primeira vez. Isso ficou martelando na minha cabeça”, conta.

Lojas vendem produtos “fora da caixa” com até 80% de desconto

A partir daí Richard Rodrigues entrou em contato com um vendedor e começou a fazer anúncios de produtos no Mercado Livre. “Em um ano já tinha alcançado a marca de R$ 100 mil por mês de faturamento, o que para um jovem de 15 anos estava ótimo”, relata.

O empresário tem uma loja virtual que utiliza o estoque na fonte , uma técnica de logística também chamada de dropshipping . A vantagem para o comerciante é não precisar de estoque, já queo pedido do cliente é enviado ao fornecedor.

Empreendedorismo feminino passa longe das cidades brasileiras

É o fabricante que encaminha o produto ao consumidor final. O risco da operação é o parceiro não ter o produto para entregar no momento, o chamado stockout .

Segundo Richard, é preciso conhecer o negócio para dar certo. Entre as características do ambiente virtual que o ajudaram a ser bem-sucedido, ele destaca a “facilidade no manuseio de mecanismos que utilizamos para operar e, também, a clareza em todos os processos dentro da empresa”, explica.

O salto

O primeiro milhão de Richard veio mesmo quando ele resolveu investir em mão de obra . “Trabalhava sozinho no começo. Fiquei assim dos 15 aos 18 anos. Com 19, coloquei uma equipe e foi quando expandi a empresa e faturei R$ 1 milhão. Demorou seis anos”, conta. Hoje, a empresa dele tem quatro funcionários.

No percurso, Richard conta que aprendeu com os próprios erros. “No início houve diversas falhas, que colocaram tudo em risco. Também, já ‘quebrei’ uma vez. Porém, foram esses erros que me levaram ao sucesso. Foi tudo isso que me fez alcançar minhas metas e objetivos”, avalia.

Como virar o jogo

Richard Rodrigues arrow-options
Richard Rodrigues/Divulgação
Empresário gaúcho alcançou o primeiro milhão quando investiu em mão de obra

Entre as dicas para chegar lá, o empresário cita o investimento em capacitação . “Não existe uma pessoa que ganhou dinheiro sem investir em conhecimento. Eu mesmo já investi mais de R$ 100 mil em cursos e mentorias”, diz.

Ele mesmo oferece mentorias sobre empreendedorismo e vai lançar na próxima semana o e-book gratuito “Como chegar ao seu primeiro milhão na internet”. “Quero partilhar conhecimento. Há oportunidades para todos no mundo digital, acima das crises e desemprego do mundo real”, afirma.

Para ele, a internet ainda é um ambiente com boas oportunidades . “Tem espaço para todo mundo, basta você trabalhar de forma correta e profissional. Não é à toa que todos os dias aparecem pessoas milionárias através do mundo digital”, diz.

Artigo: Direito de arrependimento e vendas online

O empresário até reconhece que o conselho é “clichê”, mas entre as dicas, Richard ressalta: “acredite” !  “Sempre fui sonhador. Muitos desacreditaram e eu mostrei que era possível”, aponta.

Interesse e resiliência também são características importantes, segundo o empreendedor.  “Você precisa reconhecer se está de verdade no jogo . Conheço pessoas que ‘tentaram’ no mercado digital,  tiveram oportunidades, porém, falharam. A resposta para isso é falta de interesse. Ou, não viram o quanto tiveram oportunidades”, conclui.