Tamanho do texto

A fonte tipográfica só está disponível para uso pessoal e, caso haja o desejo de comercializá-la, é necessário entrar em contato com designer responsável

Depois de  mudar marca do Brasil no exterior com o slogan "Visit and love us" (visite e apaixone-se, em português), o Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur) está sendo acusado de não respeitar os direitos autorais do designer francês Benoit Sjöholm. 

logo da embratur arrow-options
Pablo Peixoto/Embratur
O designer Benoit Sjöholm, criador da fonte de campanha da Embratur acusou instituto de não respeitar direitos autorais

Segundo o designer, a Embratur adotou a tipografia "Fontastique", uma criação dele que não pode ser usada comercialmente sem autorização. Apesar de estar disponível para download em sites especializados, a permissão da fonte é para uso pessoal. Assim, caso o usuário queira comercializá-la, é preciso entrar em contato com Sjöholm e solicitar os direitos autorais

A reportagem do iG entrou em contato com o Instituto de Turismo para comentar o caso, mas até a publicação dessa matéria não obteve resposta. 

Leia também: Com a crise da Avianca, oferta de aviões no Brasil cai ao patamar de 2010

Campanha da Embratur adota Brazil escrito com Z

A campanha foi lançada no início de junho e, de acordo com a Embratur , é inspirada na Bandeira Nacional. O instituto defende que o slogan seja um convite aos visitantes, para que estes queiram conhecer e apreciar tudo de melhor que o país pode oferecer. 

A Embratur também afirmou que o uso da letra “z”, na grafia do nome do país em inglês, no lugar do “s” na grafia em português, busca fortalecer o marketing digital da marca "Brazil", facilitando as buscas na internet realizadas pelos estrangeiros.