Tamanho do texto

Mercado reage positivamente após final de semana de conversas entre China e Estados Unidos e acordo entre os blocos Mercosul e União Europeia

dólar
Reprodução
A moeda americana recuou 0,52%

dólar  comercial inicia a semana em queda, influenciado pela melhora na agenda internacional. A moeda americana recua 0,52%, valendo R$ 3,83321. Na última semana, os presidentesDonald Trump, dos Estados Unidos, e Xi Jinping, da China, tiveram uma reunião bilateral e aceitaram retomar as negociações sobre a guerra comercial entre os dois países, que se arrasta há quase um ano.

Leia também: Permissão de vendas de empresas dos EUA para a Huawei será limitada

Outro fato do cenário externo que também anima o mercado é o  acordo comercial entre Mercosul e União Europeia. Na última sexta-feira, representantes de países dos dois blocos formalizaram a negociação que estava há vinte anos sem resolução. O acordo ainda precisa ser votado pelos membros envolvidos para entrar em vigor, mas a expectativa segue positiva.

Se em relação à cena global os sinais são animadores, quando a análise é doméstica, a situação não é tão favorável. Pela 18ª vez consecutiva, os economistas consultados pelo Banco Dentral (BC) para a elaboração do Boletim Focus revisaram para baixo as expectativas de crescimento da economia. Agora, projetam que o Produto Interno bruto (PIB) vai crescer 0,85% em 2019. O resultado, caso se confirme, será inferior ao 1,1% de avanço em 2017 e 2018.

Leia também: Bolsonaro espera que Congresso brasileiro aprove logo acordo Mercosul-UE

O que permanece estável é a leitura sobre a taxa de câmbio . Pela sexta semana seguida, o Focus estima que o dólar deve encerrar o ano valendo R$ 3,80.