Arrecadação soma R$ 113,2 bilhões em maio, melhor resultado em cinco anos
Reprodução
Arrecadação soma R$ 113,2 bilhões em maio, melhor resultado em cinco anos

A arrecadação de receitas federais somou R$ 113,278 bilhões no mês passado, uma alta real (descontada a inflação) de 1,92% em relação a maio de 2018. O valor mensal, divulgado nesta segunda-feira (24) pelo Ministério da Economia , foi o mais alto dos últimos cinco anos, só perdendo para maio de 2014, quanto o total arrecadado pelo Fisco foi de R$ 116,237 bilhões.

Leia também: Mercado reduz expectativa de crescimento da economia pela 17ª semana seguida

Também foi o mais elevado dos últimos cinco anos o total recolhido à Receita Federal nos cinco primeiros meses de 2019. A arrecadação contabilizada no período, de R$ 637,649 bilhões, foi 5,68% superior à registrada no período de janeiro a maio do ano passado.

O crescimento do montante de maio foi puxado, principalmente, pela expansão de 19,56% das receitas não administradas pelo Fisco, principalmente royalties de petróleo . Já os recursos administrados pelo Fisco, ou seja, impostos e contribuições, aumentaram 0,58% em relação ao mesmo mês do ano passado. Nesse ponto, destacou-se um crescimento de 23,47% da arrecadação do Imposto de Renda Retido na Fonte sobre rendimentos de capital.

Leia também: Joice diz que governo busca margem de votos e vai alterar parecer da reforma

Entre os indicadores levados em conta pela Receita Federal para calcular o total da arrecadação , a produção industrial sofreu uma queda de 1,05% ante maio do ano passado, enquanto as vendas de bens subiram 3,1% e de serviços, 1,7% no período. A massa salarial aumentou 5,21% e o valor em dólar das importações, 14,09% - o que levou a uma expansão de 9,61% no total recolhido com o Imposto de Importação e no IPI vinculado às importações.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários