Alan Santos/Presidência da República
"Eu falei com o Paulo Guedes que, no mínimo, este ano, temos que corrigir", afirmou o presidente

presidente JairBolsonaro prometeu, neste domingo, a correção pela inflação da tabela do Imposto de Renda (IR) para o ano que vem. A declaração foi dada em entrevista para a rádio Bandeirantes.

Leia também: Por abertura da economia, Guedes quer cortar tarifa de importação em 10%

"Hoje em dia, o Imposto de Renda é redutor de renda. Eu falei com o (ministro da Economia) Paulo Guedes que, no mínimo, este ano, temos que corrigir, de acordo com a inflação, a tabela para o ano que vem", disse Bolsonaro .

O presidente revelou que deu orientações ao ministro sobre rever os cálculos do IR.

"E se for possível, ampliar aí o limite do desconto com educação e saúde. Isso é a orientação que eu dei para ele. Quero que ele cumpra. Orientação não é ordem. Mas pelo menos corrigir o Imposto de Renda pela inflação, isso, com certeza, vai sair", pontuou Bolsonaro .

Leia também: Após bloquear quase R$ 30 bilhões, governo fará novo corte ainda este mês

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários