Tamanho do texto

De acordo com o ministro da Casa Civil, a "última palavra" sobre o projeto será dada pelo presidente; proposta deve ser enviada no meio de fevereiro

Onyx afirmou que o texto de reforma da Previdência já está pronto para ser enviado
Dida Sampaio/AE
Onyx afirmou que o texto de reforma da Previdência já está pronto para ser enviado



O texto da reforma da Previdência que será enviado para aprovação no Congresso Nacional já está pronto, de acordo com uma declaração feita pelo ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, nesta sexta-feira (1). Segundo ele, o projeto agora vai partir para análise do presidente Jair Bolsonaro.

Leia também: Bolsonaro faz videoconferência com ministro e tem show particular no hospital

"A última palavra [sobre o texto da reforma da Previdência ] será do presidente", afirmou Lorenzoni. Desde o último domingo (27), Bolsonaro está internado no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, onde se recupera da  cirurgia de retirada da bolsa de colostomia que usava desde setembro do ano pasasdo, quando sofreu um ataque à faca. 

Onyx Lorenzoni disse, ainda, que a equipe econômica do governo vai continuar trabalhando no assunto.  "A equipe de Paulo Guedes continua com seu talento a trabalhar, para consertar a Previdência".

Na quarta-feira (30), Bolsonaro decidiu que os militares serão incluídos na reforma . Segundo o secretário especial de Previdência e Trabalho, Rogério Marinho, o presidente determinou que "todos têm que contribuir". "Ninguém vai ficar de fora. O governo vai apresentar um projeto [de reforma ] que vai levar em consideração todos os segmentos da sociedade brasileira”, disse Marinho.

"Esse é o esforço de salvarmos o sistema previdenciário e apresentarmos uma nova Previdência no Brasil. Então a responsabilidade é de todos. Todos os segmentos têm que dar sua contribuição nesse processo", completou o secretário. 

Projeto de reforma da Previdência deve ser enviado neste mês

 Rogério Marinho disse que texto da reforma da Previdência deve ser enviado ainda neste mês para aprovação
Marcelo Camargo/ABr
Rogério Marinho disse que texto da reforma da Previdência deve ser enviado ainda neste mês para aprovação


Apesar de confirmar a decisão de Bolsonaro , o secretário Rogério Marinho afirmou que não sabe quando o projeto de reforma dos militares será enviado. Ele disse que é o presidente quem decidirá o tempo certo.  

Leia também: Rombo da Previdência chega a R$ 195 bi; proposta de reforma sai em fevereiro

Um dia antes, Marinho também se pronunciou sobre a data em que o novo projeto de  aposentadoria dos demais setores da sociedade seria enviado para aprovação. De acordo com ele, a proposta de reforma da Previdência  será apresentada ao plenário da Câmara entre a segunda e a terceira semana de fevereiro.