Tamanho do texto

Balanço da Associação Brasileira de Supermercados registrou alta de 1,92% nas vendas; o esperado, no entanto, é que valor chegue a 2,53% de aumento

Vendas nos supermercados crescem 1,92% em 2018
shutterstock
Vendas nos supermercados crescem 1,92% em 2018


As vendas nos supermercados brasileiros subiram 1,92% no cálculo de janeiro a setembro deste ano, segundo informações do balanço da Associação Brasileira de Supermercados (Abras), divulgado nesta terça-feira (30). O número foi comparado em relação ao mesmo período de 2017.

Leia mais: Preço de produtos industrializados tem alta de 2,93% em setembro, aponta IBGE 

A pesquisa informou, ainda, que o crescimento das vendas de supermercados do País foi de 0,47% em setembro, em relação ao mesmo mês no ano passado. No entanto, se comparados agosto e setembro de 2018, o resultado é negativo e marca 0,05% de redução na venda de produtos.

Apesar dos bons resultados no quadro anual, o presidente da Associação Brasileira de Supermercados, João Sanzovo Neto, declarou que o movimento ainda está significativamente abaixo do que é esperado para o ano de 2018, que tem alta estimada em 2,53%.

Leia mais: Brasileiros gastam 30,7% menos com viagens internacionais em setembro

Para ele, o resultado até o momento menor do que a projeção esperada se deve ao cenário de incertezas que o Brasil estava vivendo até a confirmação da votação do segundo turno das eleições 2018 , que aconteceu no último domingo (28). “Nos últimos meses, o consumidor se manteve receoso com o cenário econômico e político do país, a nossa perspectiva é que isso melhore gradativamente passadas as eleições”, ressaltou Neto, em nota.

Mesmo com aumento do preço da cesta básica, vendas nos supermercados subiram em 2018

Mesmo com aumento do preço da cesta básica em 0,39%, vendas nos supermercados mantiveram alta
EBC
Mesmo com aumento do preço da cesta básica em 0,39%, vendas nos supermercados mantiveram alta


Leia mais: Preço do diesel será reajustado em 13 estados e no DF a partir de novembro 

Além das vendas nos supermercados , o preço da cesta básica do País subiu 0,39% no ano, ficando em R$ 460,29. O valor registrado anteriormente era de R$ 458,53. Entre os produtos atingidos pela alteração no preço da cesta, o arroz, o frango congelado, o queijo prato e a margarina cremosa foram os que sofreram as maiores elevações. Já os registros de baixa mais significativos alteraram para menos os valores da cebola, sabão em pó, da farinha de mandioca e da batata.

* Com informações da Agência Brasil

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.