Tamanho do texto

Valor do litro nas refinarias terá queda de 2% e será de R$ 2,0639 – o menor desde 25/08; mudança do preço pago pelo consumidor depende dos postos

Queda do preço da gasolina nas refinarias deve acontecer amanhã, de acordo com divulgação da Petrobras
shutterstock
Queda do preço da gasolina nas refinarias deve acontecer amanhã, de acordo com divulgação da Petrobras

A Petrobras anunciou nesta segunda-feira (22) que o preço da gasolina nas refinarias de todo o País vai cair 2% a partir de amanhã (23). Com a decisão, o valor deverá passar de R$ 2,1060 para R$ 2,0639.

Leia também: Governo arrecada R$ 6,82 bilhões com último leilão do pré-sal; Temer celebra

O valor por litro do preço da gasolina ficou estável desde o último dia 12 na casa dos R$ 2,14, mas depois foi reduzido para R$ 2,1060 e agora cairá a R$2,0639, de acordo com o anúncio realizado pela empresa que tem capital aberto e o governo federal como acionista majoritário, sendo, portanto, uma empresa estatal de economia mista.

O preço do litro atingiu seu maior valor nas refinarias no último dia 14 de setembro, quando o valor cobrado pela estatal era de R$ 2,2514, cifra que se manteve estável, não se alterando por 12 dias consecutivos, até 22 de setembro, quando caiu.

Leia também: Maioria das privatizações previstas por Temer não sairá do papel neste ano

A partir dessa queda, o preço do litro da gasolina passou a registrar uma sequência de quedas consecutivas. Em 25 de setembro, R$ 2,2381 passou a ser o valor cobrado pelo litro do combustível nas refinarias. A tendência de quedas se acentuou ainda mais em outubro, podendo vir a atingir os R$ 2,1060 prometidos pela empresa.

O Senado Federal rejeitou nesta semana a privatização de distribuidoras da Eletrobras e da Petrobras, decisão que movimenta o mercado financeiro no Brasil e gerou quedas nas bolsas. Algumas distribuidoras de energia já foram privatizadas pelo governo Temer, mas a maior resistência dificulta a venda de partes da Petrobras e da Eletrobras .

Também as refinarias da Petrobras , o preço do óleo diesel está em R$ 2,3606, o litro, desde o dia 30 de setembro, quando foi reajustado. O valor anterior era R$ 2,2964, o que mostra alta significativa, contrariando a tendência do preço da gasolina nas refinarias.

Essa é a sétima queda consecutiva do preço, que desde 22 de setembro já recuou 8,33%, quando custava R$ 2,2514 por litro. O repasse do reajuste para o preço final que chega ao consumidor, no entanto, sempre depende dos postos.

Preço da gasolina nos postos

Queda do preço da gasolina nas refinarias não tem refletido no preço pago pelos consumidores
Reprodução
Queda do preço da gasolina nas refinarias não tem refletido no preço pago pelos consumidores

Segundo levantamento da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), a redução do preço da gasolina nas refinarias ainda não foi notado pelos consumidores nos postos de combustíveis. Os preços da gasolina, do diesel e do etanol encerram a semana passada em alta. 

Leia também: Lewandowski proíbe privatização de empresas estatais sem aval do Congresso

O preço da gasolina ao consumidor subiu 0,06%, para R$ 4,725, no oitavo aumento seguido, e renovando a máxima do ano. A ANP chegou a encontrar o litro da gasolina vendido a R$ 6,290 no País em 2018.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.