Tamanho do texto

Terceira maior empresa de baixo custo do continente europeu, a Norwegian Air deve começar fazendo voos entre São Paulo ou Rio e Londres

A Norwegian Air será a primeira aérea low cost (de baixo custo) internacional a atuar no país
Divulgação
A Norwegian Air será a primeira aérea low cost (de baixo custo) internacional a atuar no país

Nesta quarta-feira (8), a Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) publicou no Diário Oficial da União a autorização para que a empresa Norwegian Air opere voos regulares no Brasil. A companhia será a primeira aérea low cost (de baixo custo) internacional a atuar no país.

Leia também: Seu voo foi cancelado? Você pode ganhar dinheiro com isso

Segundo despacho da agência, a autorização tem efeito imediato. A low cost norueguesa vai operar em território nacional como empresa de serviço de transporte aéreo internacional regular de passageiro, carga e mala postal.

Com as burocracias ainda pendentes, a expectativa é de que a operação da Norwegian Air no Brasil comece apenas em janeiro do ano que vem. O pedido de frequência de voos e a comercialização de passagens devem ser feitos depois da regularização de toda a documentação.

A princípio, a empresa aérea deve começar operando voos entre São Paulo e Londres ou Rio de Janeiro e Londres. A longo prazo, porém, pode expandir sua atuação para outros aeroportos brasileiros.

Leia também: Tarifas de embarque ficam mais caras em voos nacionais e internacionais

A Norwegian Air é a terceira maior entre as empresas aéreas low cost que operam no continente europeu, atrás apenas da irlandesa Ryanair e da britânica EasyJet. Na Europa, a norueguesa atua em países como Itália, Espanha, Suécia, Polônia e França; na América Latina, já está presente no mercado argentino desde 2017.

Outras low cost no Brasil

A Joon não considera sua operação como sendo low cost, mas pratica preços mais econômicos, em média, do que as demais empresas aéreas do Brasil
Divulgação/Air France
A Joon não considera sua operação como sendo low cost, mas pratica preços mais econômicos, em média, do que as demais empresas aéreas do Brasil

Em maio deste ano, a companhia Joon, do grupo Air France, chegou ao país oferecendo voos diretos entre Fortaleza e Paris. A empresa não considera sua operação como sendo de baixo custo, mas pratica preços mais econômicos, em média, do que as demais empresas aéreas que fazem voos internacionais no Brasil.

Leia também: Demanda por voos domésticos cresce 5,1% em relação a 2017, aponta ANAC

As low cost argentinas Flybondi e Avian, do grupo Avianca, também estão em processo de negociação com a Anac para começar a operar no Brasil. A primeira, a princípio, deve chegar fazendo voos entre São Paulo e Buenos Aires.


*Com informações da Agência Brasil


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas