Tamanho do texto

A campanha é uma resposta frente a aprovação de uma lei nacional do Peru que restringe a entrada de alguns alimentos nas salas de cinema do país

Brasil Econômico

A ousada campanha deu certo e fez com que as vendas do Burger King subissem 40%
Reprodução/YouTube
A ousada campanha deu certo e fez com que as vendas do Burger King subissem 40%

A rede de fast food Burger King fez uma campanha inusitada que ajudou seus clientes a ‘driblarem’ uma lei nacional do Peru que entrou em vigor recentemente restringindo a entrada de alimentos nos cinemas do país.

Leia também: Consumidora encontra preservativo usado e com pelos dentro de um pacote de couve

Como assim? Agora, apenas pode entrar nos cinemas peruanos quem estiver com alimentos similares àqueles vendidos pelos estabelecimentos pertencentes às empresas donas das salas. E para ajudar os clientes do Burger King a “burlarem” a liminar, a McCann de Lima – empresa de marketing – criou uma ação para disfarçar o sanduíche Whopper em pipoca.

Como é possível conferir no vídeo abaixo, a McCann projetou um saco de pipoca capaz de esconder o sanduíche e a porção de batatas fritas do combo. E para não chamar a atenção dos ‘fiscais de alimentos impróprios’, a marca ainda fez um suporte localizado no topo da embalagem para colocar umas ‘pipoquinhas’ para que o cliente do BK entre tranquilamente na sala de cinema como seu “ King Popcorn ”.

Leia também: Carrefour pagará indenização de R$ 30 mil a consumidor chamado de "bicha"

De acordo com as empresas envolvidas na ação, a ousada campanha deu certo e fez com que as vendas do BK subissem 40%.

Mais casos de marketing

Além do BK, outra lanchonete que está utilizando ideias diferentes para se promover é a Bull City Burger localizada em Durham, na Carolina do Norte (EUA), que está oferecendo uma camiseta como prêmio para quem aguentar comer um hambúrguer inteiro com uma tarântula . Sim, uma tarântula.

A opção entrou no cardápio da hamburgueria devido ao mês da carne exótica, comemorado no local, agora em abril. Na edição deste ano, os clientes terão a oportunidade de experimentar uma tarântula assada e levemente salgada no topo de um dos hambúrgueres clássicos da Bull City Burguer.

Leia também: Coca-Cola anuncia lançamento de raspadinha, primeiro produto congelado da marca

Contudo, engana-se quem acha que basta pedir o 'x-aranha' para que a iguaria chegue à mesa, é bem diferente do ‘esquema’ do Burger King . Isso porque, quem estiver com vontade de degustar o prato deverá desembolsar US$ 30, o que equivale a aproximadamente R$ 100, para concorrer ao sorteio  do hambúrguer. Depois de sorteado, aí sim, o cliente poderá se submeter ao desafio.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.