Tamanho do texto

Banco diz que o País deverá sair "lentamente" da recessão ainda este ano, já que indicadores de atividade registraram melhores resultados recentemente

Brasil Econômico

O Banco Mundial reduziu a previsão de crescimento da economia brasileira para este ano. A atualização do documento Perspectivas Econômicas Mundiais, divulgado no domingo (4), prevê crescimento de 0,3% do Produto Interno Bruto (PIB), a soma de todos os bens produzidos no País. A estimativa ficou 0,2 ponto percentual abaixo do informado em janeiro e do projetado pelo mercado financeiro neste mês.

Leia também: Confira quatro dicas para gastar menos em bares e restaurantes

Embora a expectativa de crescimento da economia tenha ficado menor, o banco ressalta que o Brasil deverá sair "lentamente" da recessão ainda neste ano. "Indicadores de atividade melhoraram, incluindo a retomada do crescimento da produção industrial e expansão das exportações, assim como ganhos de confiança", informou o Banco Mundial no relatório. "Entretanto, o País continua a lutar contra o crescimento do desemprego e as consideráveis necessidades de ajuste fiscal ".

Previsão para crescimento da economia brasileira em 2018 está em 1,8%, diz Banco Mundial
Marcello Casal Jr/Agência Brasil
Previsão para crescimento da economia brasileira em 2018 está em 1,8%, diz Banco Mundial

Leia também: Saiba como evitar a pressão no trabalho durante a crise

Para 2018, o banco projeta crescimento de 1,8% no PIB brasileiro. A estimativa se manteve estável em relação ao divulgado em janeiro. "O crescimento na América Latina e no Caribe deverá se fortalecer para 0,8% em 2017, quando o Brasil e a Argentina emergem da recessão e o aumento dos preços das  commodities [matérias-primas com cotação internacional] apoia os exportadores agrícolas e de energia". A previsão de crescimento na região em 2018 é 2,1%.

A previsão para o cresimento da economia mundial é de 2,7% em 2017. Segundo o banco, o desempenho será estimulado pela indústria e pelo comércio, além do aumento da confiança do mercado e estabilização do preço das commodities . Para 2018, a previsão de expansão do PIB mundial está em 2,9%.

Mercado otimista

Nesta segunda-feira (5), o Banco Central divulgou as últimas projeções do Boletim Focus, que analisa a expectativa da mais de 100 instituições financeiras que operam no País. Segundo o levantamento, os economistas acreditam que o PIB terá crescimento de 0,5% ao final de 2017, pouco acima do 0,49% apresentado na semana anterior. Ao mesmo tempo, as expectativas para 2018 foram reduzidas, passando de 2,48% para 2,40%.

Leia também: Bovespa lança índice de commodities para o mercado brasileiro

As projeções dos economistas são mais otimistas que as de economistas do Banco Mundial. O Boletim Focus também indica que a inflação , medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), deve fechar este ano em 3,90%, o que representa recuo na projeção anterior, que estava em 3,95%. Para o próximo ano, a estimativa permaneceu em 4,40%. Nos dois casos, elas se mantêm dentro da meta estipulada pelo governo, que é de 4,5% ao ano.

* Com informações da Agência Brasil.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.