Brasil Econômico

Após três meses consecutivos de alta, a confiança dos empresários da indústria voltou a apresentar retração. Segundo dados divulgados nesta segunda-feira (24) no Índice de Confiança do Empresário Industrial (Icei) da Confederação Nacional da Indústria (CNI), o indicador ficou em 53,1 pontos em abril, caindo 0,9 ponto na comparação com março deste ano. Apesar da queda, o índice permanece acima da linha divisória de 50 pontos, o que ainda sinaliza otimismo do setor.

Leia também: De automóveis à TV: aplicativo auxilia agendamento de visitas técnicas

Na comparação com o mesmo período do ano passado, o cenário é melhor. Em abril de 2016, o indicador estava em 36,8 pontos, representando uma de 16,3 pontos para o último levantamento. O índice de confiança da indústria varia de 0 a 100 pontos. Quanto fica acima de 50 pontos, revela que o setor industrial está mais confiante. Quando está abaixo da linha, demonstra falta de confiança dos empresários.

Avaliação da indústria sobre as condições atuais das empresas e da economia apresentou leve queda em abril
shutterstock
Avaliação da indústria sobre as condições atuais das empresas e da economia apresentou leve queda em abril

Leia também: Saiba o que fazer para deixar o consumidor feliz e garantir sua fidelização

Você viu?

De acordo com a avaliação da CNI, a queda do índice na comparacão com março foi observada por conta de uma acomodação nas expectativas de empresários em relação às próprias empresas e à economia brasileira. No primeiro caso, a queda da expectativa foi de 59,8 pontos para 58,9 pontos. Em relação à economia, as projeções para os próximos meses caíram de 54,6 pontos para 52,5 pontos.

O levantamento da CNI também tratou da avaliação sobre as condições atuais da empresa e da economia. Quando os empresários foram perguntados sobre a avaliação atual das empresas, o índice ficou em 47,0 pontos, contra 46,7 pontos de março. Já em relação à economia, o índice caiu de 45,4 pontos, em março, para 44,2 pontos, em abril. Na média entre os dois, houve queda de apenas 0,3 pontos.

Leia também: Boletim Focus projeta inflação de 4,04% para este ano, diz BC

No entanto, o indicador segue abaixo da linha dos 50 pontos, indicando percepção pessimista dos empresários sobre o atual momento dos negócios. O levantamento também apurou a confiança de diferentes setores. A indústria extrativa, por exmeplo, passou de 53,4 pontos, em março, para 54,5 pontos, em abril. A área de transformação teve queda, passando de 54,6 pontos, em março, para 53,5 pontos, em abril. Por fim, a confiança das empresas de construção passou de 52,1 pontos, em março, para 50,9 pontos, em abril.

* Com informações da Agência Brasil.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários