Tamanho do texto

Quem deseja otimizar o trabalho da empresa por meio do Big Data deve ter certeza de quais são seus objetivos e avaliar os caminhos para alcançá-los

Para se dar bem com o Big Data, é importante criar hipóteses e traçar possíveis cenários
shutterstock
Para se dar bem com o Big Data, é importante criar hipóteses e traçar possíveis cenários

Direcionar estratégias de negócios por meio de um grande volume de dados é uma prática que vem crescendo no meio empresarial, principalmente por conta da consolidação da economia digital. Apesar disso, a simples reunião de grande volume de dados, conhecida como Big Data, não garante a consistência do que foi aferido, nem sua correta aplicação aos negócios.

LEIA MAIS: Veja cinco dicas para faturar mais no modelo de negócios B2B

Procurando ajudar empresas e gestores a extraírem o máximo de valor do Big Data , especialmente no desenho de estratégias de negócios digitais, a agênca de marketing digital iProspect listou quatro dicas essenciais. Confira:

1) Crie hipóteses

É indispensável colocar premissas em evidência para conhecer os caminhos que podem levar a alcançar determinado objetivo e entender as variáveis que podem afetar a sua estratégia de uso dos dados. Seja criativo, proponha alternativas e não tenha medo de traçar possíveis cenários a partir das hipóteses.

LEIA MAIS: Saiba quais os benefícios das cooperativas de crédito para empréstimos

2) Projete a realidade

Criar modelos que possam explicar determinado fenômeno em relação a determinadas variáveis é uma boa prática. Os modelos adotados podem variar, por exemplo, em analíticos, quando se quer entender o passado; preditivos, quando se tenta prever o futuro; simples, para explicar duas variáveis; complexos, quando são várias e é preciso entender a relação entre elas. 

3) Desconfie

Quando os resultados estão muito bons, algo pode estar errado. Leve sempre em considerção dois pontos: exatidão – ou o quão verdadeira é a mensuração proposta – e precisão, ou o quão regular é a execução da mensuração. Use o pensamento crítico. Procure revisar as fontes, fazer questionamentos e tentar entender o contexto do dado antes de fazer o compartilhamento.

LEIA MAIS: Confira três dicas para se tornar um profissional mais eficiente

4) Conheça seus objetivos

A abundância de informações disponíveis para a empresa é um dos grandes problemas de se trabalhar com Big Data. São muitas respostas juntas que muitas vezes não levam a lugar nenhum. Por isso é importante concentrar-se na pergunta. A pergunta é mais importante que a resposta. O difícil é fazer as perguntas certas. Tenha em mente que os objetivos de comunicação seguem um objetivo claro de negócios.