Brasil Econômico

Brasil Econômico

undefined
iStock
Serasa Experian apontou que micro e pequenas empresas sofreram impactos contrários a crise econômica

Uma pesquisa realizada pela Serasa Experian mostrou que a pontualidade de pagamento de micro e pequenas empresas chegou a 95% em 2016, evidenciando que a cada 1 mil pagamentos realizados durante o ano passado, 950 foram quitados à vista ou com atraso máximo de sete dias. O resultado foi considerado o mais baixo dos últimos quatro anos, assim como os níveis obtidos em 2010 e 2011.

LEIA MAIS: Mais de 1 milhão de empresas foram criadas em 2016, registra Serasa Experian

As informações foram coletadas do Indicador de Pontualidade das Micro e Pequenas Empresas da Serasa Experian , que apura dívidas pagas pelas micro e pequenas empresas. Segundo economistas da entidade, durante 2016, tanto as micro quanto as pequenas empresas sofreram impactos contrários a crise econômica, sendo a recessão prolongada e intensa da economia, dificuldades de acesso ao crédito e altas taxas de juros, fatores determinantes que impactaram negativamente a capacidade de pagamento dessas instituições.  

As micro e pequenas empresas do setor comercial registraram 95,7% de pontualidade de pagamentos em 2016, considerado o maior nível do ano passado.  Em relação as indústrias, a pontualidade de pagamento foi de 94,4% também no mesmo período. Já o setor de serviços apontou 94% de pontualidade ao longo de 2016.

LEIA MAIS: Demanda de empresas por crédito registra queda de 2,2%, diz Serasa Experian

Ao que se refere ao valor nominal médio dos pagamentos em dia, o resultado foi considerado estável na comparação com 2015, com cerca de R$ 1.923. Ao longo do ano passado, o valor médio mais alto foi de R$ 1.963, registrado pelos pagamentos pontuais de empresas comercias. Em seguida ficaram empresas industriais e do setor de serviços, com R$1.850 e R$ 1.746, respectivamente.

Metodologia

O indicador Serasa Experian da Pontualidade de Pagamento das Micro e pequenas Empresas começou em 2006 e separado por setor econômico. Desenvolvido através de pagamentos mensais efetuados por aproximadamente 600 mil micro e pequenas empresas, totaliza 8 milhões de pagamentos nas bases de informações sobre pessoas jurídicas da Serasa Experian, considerando como micro e pequenas empresas aquelas cujo faturamento liquido anual não ultrapasse R$ 4 milhões.

LEIA MAIS: Consulta Serasa gratuita pelo celular? Agora é possível: veja serviço

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários