Tamanho do texto

Empresa é suspeita de ter pago suborno para obter contratos com a Petrobras

Navio-plataforma Cidade Anchieta, contratado pela Petrobras junto à SBM
SBM / SBM
Navio-plataforma Cidade Anchieta, contratado pela Petrobras junto à SBM

A empresa holandesa de leasing de plataformas de petróleo SBM Offshore NV informou nesta quinta-feira (12) que não irá participar do processo de licitação para duas grandes instalações de produção flutuante no Brasil.

LEIA TAMBÉM:  Petrobras espera abocanhar crescente produção de petroleiras no Brasil

A empresa, que está sendo investigada por suborno a representantes do governo brasileiro, tinha planejado fazer ofertas para produção em Tartaruga Verde e Libra, e também para embarcações de armazenamento e descarregamento junto com a estatal Petrobras .

Senadores brasileiros investigam acusações de que representantes da Petrobras aceitaram subornos em troca de contratos para a SBM Offshore.

Eles afirmaram que a empresa não pode participar de licitações enquanto estiver sendo investigada.

A SBM informou no mês passado que mantinha conversas sobre a exclusão, mas nesta quinta-feira (12) afirmou que, baseada nessas discussões, não irá participar nas licitações atuais.

A SBM alegou em abril que uma investigação interna não encontrou evidências de pagamentos impróprios no Brasil.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.