Lucro do BNDES segue em alta e crescem desembolsos para atender necessidades na crise
Redação 1Bilhão Educação Financeira
Lucro do BNDES segue em alta e crescem desembolsos para atender necessidades na crise

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social ( BNDES ) registrou lucro líquido de R$ 9,8 bilhões no primeiro trimestre de 2021, 78% acima do mesmo período do ano anterior, com resultado positivo impulsionado pela venda de participações societárias e pela intermediação financeira. Os desembolsos tiveram crescimento de 35%, chegando a R$ 11,3 bilhões, sendo que 46% desse valor (R$ 5,2 bilhões) foram destinados a micro, pequenas e médias empresas (MPMEs) e 49% (R$ 5,6 bilhões) ao setor de infraestrutura.

Mais da metade da carteira de crédito de operações diretas e indiretas não automáticas do Banco (52,5%) está vinculada a empreendimentos que apoiam a economia verde e o desenvolvimento social . Esses recursos estão aportados em projetos de setores como saneamento, energias renováveis, desenvolvimento urbano, entre outros incluídos na sigla ASG (que se refere a questões ambientais, sociais e de governança corporativa). Apenas no primeiro trimestre de 2021, R$ 3,7 bilhões foram desembolsados para esses setores, conforme apresentação de resultados feita nesta quinta-feira (13).

Você viu?

O produto de intermediação financeira atingiu R$ 4,4 bilhões, aumento de 7,8% em comparação ao primeiro trimestre de 2020. A receita com operações de crédito e repasses aumentou 10,8% em relação ao primeiro trimestre de 2020, chegando a R$ 9,2 bilhões.

Para saber mais, confira a matéria completa , que apareceu primeiro em 1Bilhão Educação Financeira .


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários