Tamanho do texto

Ibovespa batia a casa dos 92 mil pontos pouco antes das 13h, quando Felipe Francischini (PSL) anunciou que a discussão seria postergada para o dia 23

felipe francischini
Pablo Valadares/Câmara dos Deputados
"Vou conceder o pedido e encerrar a reunião para que possamos retomar na terça [23]", decidiu Felipe Francischini (PSL)

O mercado não reagiu bem ao adiamento da votação da reforma da Previdência na CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) da Câmara dos Deputados. O Ibovespa, principal indicador de desempenho da Bolsa de Valores brasileira (B3), caía 1,87% pouco antes das 13h, batendo os 92.568 pontos. O dólar, por sua vez, subia 1,27% e era cotado a R$ 3,9394.

Todas as principais ações que compõem o Ibovespa registravam queda no mesmo horário. Os papéis do Bradesco, do Itaú e da Vale, por exemplo, caíam 3,23%, 2,73% e 1,84%. respectivamente. Os da Petrobras, que haviam se recuperado após a repercussão negativa quanto à  intervenção de Jair Bolsonaro (PSL) na política de preços da estatal , estavam em queda de 2,94%.

A sessão desta quarta (17) foi bastante tumultuada. A previsão inicial era de que o parecer do relator da reforma da Previdência , deputado Delegado Marcelo Freitas (PSL), fosse votado ainda hoje, mas o processo foi adiado por falta de acordo . O presidente da Comissão, Felipe Francischini (PSL), foi quem bateu o martelo: "Vou conceder o pedido e encerrar a presente reunião para que possamos retomar na terça [23]".

Durante a sessão, iniciada no fim da tarde de ontem (16), houve bate-boca entre parlamentares contrários e favoráveis à reforma da Previdência. A oposição chegou a apresentar 24 requerimentos para tentar impedir o início da votação, argumentando que a discussão deveria ser adiada porque o relator não estava presente. Freitas estava reunido com partidos do centrão, que defendem a aprovação da reforma desde que ela sofra algumas alterações.

Entenda os pontos do Ibovespa

bolsa de valores
Getty Images
A lista de empresas que integram o Ibovespa pode ser consultada a qualquer momento no site da B3

De forma resumida, os pontos divulgados no noticiário representam o preço das ações que compõem o Ibovespa multiplicado pela quantidade teórica de ações, que é divulgada diariamente pela B3 . Anunciar que o Ibovespa bateu a casa dos 92 mil pontos, como aconteceu hoje, é como dizer que um investidor hipotético que queira comprar os mesmos papéis pertencentes ao índice deve desembolsar exatamente R$ 92 mil.

Essa carteira hipotética de ações é reformulada pela B3 a cada quatro meses, mas a  metodologia do sistema de pontos é a mesma desde a criação do Ibovespa , tendo passado apenas por algumas readequações para facilitar sua divulgação. A última foi em 1997, quando o total de pontos foi dividido por 10. A lista de empresas que integram o índice pode ser consultada a qualquer momento no site oficial da B3.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.