Tamanho do texto

Previsão é que sejam desembolsados R$ 310 mi a declarações que estavam na malha fina; cerca de 165 mil contribuintes receberão alguma quantia

Brasil Econômico

Segundo a Receita Federal, correção das restituições será feita com base na taxa Selic e poderá chegar a 101,02%
Marcelo Casal Jr/Agencia Brasil
Segundo a Receita Federal, correção das restituições será feita com base na taxa Selic e poderá chegar a 101,02%

A Receita Federal abre nesta segunda-feira (8) a consulta ao lote residual de restituição do Imposto de Renda Pessoa Física de janeiro. A previsão é que sejam desembolsados cerca de R$ 310 milhões para as declarações de 2008 a 2017. O valor é destinado para 165,9 mil contribuintes que estavam na malha fina, mas regularizaram suas pendências com o Fisco.

Leia também: Impostos 'abocanham' quase um terço de tudo que é produzido no Brasil

A maior parte do valor será destinado para restituições do IR de 2017, em que 115,1 mil contribuintes resolveram pendências. A lista com os nomes aptos a receber alguma quantia está disponível no site da Receita Federal . A página permite acessar o extrato da declaração para verificar se existe alguma inconsistência nos dados. Nessa hipótese, é necessário realizar uma autorregularização, mediante entrega de declaração retificadora.

Leia também: Temer veta integralmente Refis das micro e pequenas empresas

O contribuinte também pode realizar a consulta por meio do Receitafone, no número 146, ou pelo aplicativo para smartphones e tablets. Disponível para Android e iOS, a ferramenta permite acompanhar o andamento das restituições.

A correção dos valores das restituições será feita de forma gradual a partir da Selic, a taxa básica de juros, acumulada entre a entrega da declaração até este mês. O lote de 2017 terá correção de 6,73%. Ao mesmo tempo, a correção para o lote de 2008 é de 101,02%.

As quantias estarão disponíveis para os contribuintes durante um ano. Caso o valor não seja resgatado nesse período, será necessário solicitá-lo no site da Receita Federal pelo Formulário Eletrônico - Pedido de Pagamento de Restituição ou por meio do e-CAC, no serviço Extrato do Processamento da DIRPF (Declaração do Imposto de Renda Pessoa Física).

Leia também: Cesta básica fica mais barata em 21 capitais; veja se a sua cidade está na lista

O dinheiro será depositado em 15 de janeiro nas contas informadas na declaração. O contribuinte que não receber o valor indicado deverá ir a qualquer agência do Banco do Brasil. Uma alternativa é ligar para os telefones 4004-0001, para capitais, 0800-729-0001, para demais localidades. A Receita Federal disponibiliza o número 0800-729-0088, telefone especial exclusivo para deficientes auditivos.

* Com informações da Agência Brasil.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.