Tamanho do texto

Região próxima ao Vale do Silício foi impactada pela hipervalorização dos imóveis com a instalação de gigantes da tecnologia nas últimas décadas

IstoÉ Dinheiro

fachada do google
Shutterstock
Google doará US$ 250 milhões para incentivar a construção de 5 mil unidades habitacionais, confirma o CEO Sundar Pichai

O Google doará US$ 1 bilhão para a construção de até 20 mil casas populares na região da Baía de São Francisco, na Califórnia, nos próximos 10 anos, afirmou o CEO da companhia, Sundar Pichai. A região próxima ao Vale do Silício foi impactada pela hipervalorização dos imóveis com a instalação de grandes empresas de tecnologia nas últimas décadas, refletindo no aumento de moradores de ruas e problemas sociais na região.

Leia também: Por que tantas companhias aéreas enfrentam dificuldades no Brasil

Segundo Pichai, a maior parte da doação corresponde ao valor dos terrenos que a companhia possui e que serão destinados a construção dos imóveis. “Nos próximos 10 anos, nós redirecionaremos pelo menos US$ 750 milhões de terrenos do Google , a maioria dos quais está atualmente dividido em escritórios ou espaços comerciais”, afirmou.

O Google também irá doar US$ 250 milhões para incentivar a construção de outras 5 mil unidades habitacionais . Além disso, a companhia prometeu mais US$ 50 milhões para instituições filantrópicas que atuam com a população moradora de rua da região. A previsão é de que as primeiras casas sejam entregues em 2020.

“Esperamos que isso desempenhe um papel na abordagem da escassez crônica de opções de moradia a preços acessíveis para os residentes de renda média e baixa de longo prazo”, acrescentou o CEO.

Leia também: Secretário Gustavo Montezano é o novo presidente do BNDES

O Google não é a primeira gigante da tecnologia a tomar ação para conter o agravamento da situação social na região do Vale do Silício. No início deste ano, o Facebook anunciou a doação de US$ 500 milhões para a construção de 8 mil casas na próxima década. Anteriormente, a Microsoft, com sede em Seattle, também prometeu US$ 500 milhões em uma ação semelhante.

    Leia tudo sobre: facebook