Tamanho do texto

Derrota do governo Bolsonaro afetou papéis da fabricante de armas na Bolsa

armas
shutterstock
Ações da Taurus caem nesta quarta-feira após Senado derrubar decreto de armas

As ações da fabricante de armas Taurus operam em baixa nesta quarta-feira (19), um dia após o Senado derrubar o decreto de armas editado pelo governo de Jair Bolsonaro (PSL), que facilitaria a posse e porte de armas no País.

Leia também: Senadores derrubam decreto das armas de Bolsonaro com 47 votos

Os papéis da Taurus chegaram a ter queda de até 5,4% na manhã desta quarta, mas ao longo do dia houve recuperação, apesar da tendência seguir sendo de queda. Por volta de 12h54, as ações da fabricante caíam 2,11%, a R$ 3,24.

A derrota do governo Bolsonaro no Senado foi imposta por 47 votos a 28. O texto agora seguirá para a Câmara, onde será apreciado pelos deputados. O presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ) já disse que considera "frágil" a defesa da proposta feita pelo governo.

As ações da fabricante já haviam sentido os efeitos do governo Bolsonaro quando foi assinado pelo próprio presidente, no início de maio. À época, os papéis chegaram a subir por volta de 22% .