Brasil Econômico

Petrobras
Fernando Frazão/Agência Brasil
Petrobras está realizando plano de desinvestimentos


A Petrobras iniciou, nesta segunda-feira (3), a divulgação de mais uma etapa de seu programa de desinvestimentos, que prevê a venda de suas participações em dois conjuntos de concessões terrestres na Bahia, os chamados Polo Recôncavo e Polo Rio Ventura.

Leia também: Bolsonaro elogia presidente da Petrobras por redução no preço do combustível

Segundo comunicado enviado hoje pela Petrobras , o Polo Recôncavo compreende 14 concessões terrestres, com produção de óleo e gás, enquanto o Polo Rio Ventura soma 8 concessões também com os mesmos tipos de fabricação.

A estatal é operadora com 100% de participação nessas concessões, à exceção de duas concessões do Polo Recôncavo , Cambacica e Guananbi, nas quais sua fatia é de 75% e 85%, respectivamente.

“Essas operações estão alinhadas à otimização do portfólio e à melhoria de alocação do capital da companhia, visando a geração de valor para os nossos acionistas”, disse a Petrobras em comunicado, acrescentando que o desinvestimento compreende também instalações compartilhadas de escoamento e tratamento de produção dos polos.

Na semana passada, o Supremo Tribunal Federal (STF) começou a julgar duas ações que definirão o andamento do programa de privatizações do governo Jair Bolsonaro e que têm o potencial de travar vendas de US$ 32,3 bilhões em ativos da Petrobras .

Leia também: "Mudar o rumo da economia é como um transatlântico", diz Bolsonaro

A decisão poderá afetar o planos de vendas de ativos da companhia para além do programa de desinvestimentos, como oito refinarias, a subsidiária Gaspetro e cerca de 30% das ações da BR Distribuidora. 


    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários