Apresentadas ao mercado em 2008, quando o Bitcoin foi lançado, as criptomoedas são um meio de troca como o papel moeda - conhecido e usado em todo o mundo -, porém, com funcionamento bastante distinto. Enquanto a primeira é descentralizada e não possui regulamentação específica, o segundo é controlado por um Banco Central.

Leia também: Como investir em Bitcoin com segurança e ter rendimentos de até 45% ao mês

Para começar o investimento em criptomoedas é preciso conhecê-las antes
Shuttersock
Para começar o investimento em criptomoedas é preciso conhecê-las antes

Tal diferença gera muitas dúvidas em pessoas que estão começando a conhecer o criptomercado, que cresceu muito ao longo dos anos e passou a atrair investidores . Algumas das principais questões estão relacionadas à segurança; esclarecemos 10 delas e classificamos em mito ou verdade

O sistema em que as criptomoedas funcionam é seguro

Verdade. Todas as negociações que envolvem bitcoin e altcoins (criptomoedas alternativas) acontecem online na rede blockchain, uma tecnologia de criptografia pensada para descentralizar registros e garantir a segurança. 

Para que uma transação seja completa, os dados precisam ser decifrados por diferentes mineradores. Esses dados são organizados em blocos e cada um deles possui uma identidade denominada hash. A identidade de um bloco é somada ao do bloco anterior, fazendo com que um fique encadeado ao outro. Daí a segurança, já que para modificar qualquer informação seria necessário quebrar todos os blocos, o que é praticamente impossível. 

O blockchain se provou ser tão eficiente e seguro que já está sendo usado por empresas para outros fins, como o rastreamento da origem e processo de produção de um produto. Com a evolução do sistema será possível até firmar contratos. 

As criptomoedas são ilegais

Mito. O fato de as criptomoedas não serem regularizadas não significa que elas são ilegais. Na maioria dos países não existe uma regra específica e elas continuam sendo utilizadas. No Brasil, regras estão sendo criadas aos poucos e agosto foi o primeiro mês em que as corretoras de criptomoedas foram obrigadas a informar todas as transações realizadas para a Receita Federal.

As criptomoedas são um esquema de pirâmide

Mito. As criptomoedas são apenas ativos criptográficos. Muitas pessoas acreditam que há uma ligação com pirâmides financeiras devido à existência de esquemas ilegais de captação de fundos que utilizam bitcoin e altcoins. Normalmente são prometidos rendimentos fixos acima da média do mercado, mas com o tempo o esquema não se sustenta e a maioria dos investidores acaba no prejuízo. Isso pode acontecer também com moedas tradicionais como real e dólar. 

Existem golpes no criptomercado

Verdade. Além das pirâmides citadas acima, outros golpes acontecem no criptomercado. Entre eles estão ICOs falsas e mineração na nuvem. A primeira acontece quando altcoins que ainda nem foram lançadas no mercado começam a ser vendidas e entusiastas acabam adquirindo-as, porém elas nunca circulam de fato e os criminosos somem com o dinheiro da compra. Na segunda, empresas prometem planos de mineração mais rápida, mas os usuários só recebem o investimento quando novos usuários adquirem o mesmo plano. 

Você viu?

Quem investe em criptomoedas pode ganhar ou perder muito dinheiro

Verdade. A volatilidade é uma das principais características das criptomoedas. Picos de valorização seguidos por grande desvalorização são comuns e nesse vai e vem muitos investidores acabam perdendo dinheiro enquanto outros enriquecem rapidamente. Por isso, especialistas costumam aconselhar não investir um valor maior do que se está disposto a perder. 

Outra dica é optar investir com o apoio de empresas especialistas que possuem o conhecimento para se antecipar aos movimentos do criptomercado. Uma delas é a Investimento Bitcoin , que reinveste os bitcoins em Operações Binárias e possibilita retornos de 1% a 2% ao dia e de 30% a 45% ao mês. 

As criptomoedas possuem muita volatilidade
Shuttersock
As criptomoedas possuem muita volatilidade


As transações com criptomoedas são anônimas

Mito. As transações realizadas na rede blockchain são públicas, ou seja, qualquer uma delas pode ser visualizada e pesquisada na internet. O que permanece anônimo é o nome das pessoas que estão realizando a operação, já que elas não são identificadas com dados como CPF, mas sim por um código que representa a carteira. Assim, o usuário não fica exposto. 

As criptomoedas podem ser hackeadas

Mito. Quem acompanha o dia a dia do criptomercado já se deparou algumas vezes com notícias de que uma exchange havia sido roubada e ficado com prejuízo na casa dos milhões. Isso não significa que a criptomoeda em si foi hackeada, mas sim que o sistema da exchange não era seguro o bastante. É como se um banco fosse roubado, o problema não é com o dinheiro, e sim com a segurança do banco. 

Se eu perder minhas criptomoedas elas não serão de mais ninguém

Verdade. As carteiras - hot wallet e cold wallet - são a melhor forma para armazenar criptomoedas. Porém, se a carteira é perdida, essas criptomoedas nunca mais poderão ser usadas porque continuam registradas no blockchain e não há nenhuma forma de encontrar a chave para poder movimentá-las novamente. 

Posso voltar atrás em uma transação feita com criptomoedas

Mito. A partir do momento em que uma transação com criptomoeda é registrada no blockchain e acontece o encadeamento dos blocos, ela não pode ser alterada. Portanto, para reverter uma transação, uma nova transação terá que ser realizada. 

Pessoas lavam dinheiro por meio das criptomoedas

Mito. Lavagem de dinheiro nada mais é do que tornar o dinheiro ganho de forma ilegal em legal por meio da venda de um bem de consumo. Esse trâmite não é eficiente com criptomoedas, já que elas precisam ser compradas com dinheiro já legalizado e a compra fica registrada no blockchain. Qualquer fraude é facilmente identificada.

BitcoinTrade: 95% dos depósitos aprovados em até 30 minutos!
Cadastre-se agora! Eleita a melhor corretora do Brasil. Segurança, Liquidez e Agilidade. Não perca mais tempo, complete seu cadastro em 5 minutos! Acesse:  http://www.bitcointrade.com.br/

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários