Tamanho do texto

Uma das maiores vontades do ser-humano é de alcançar a riqueza. E o dinheiro é um instrumento infalível para se chegar até lá; entenda

O dinheiro é um dos assuntos mais relativizados de nosso tempo. Para uns, o dinheiro é um instrumento para conseguirmos alcançar os objetivos de nossa vida; para outros, é a causa dos males do mundo. 

De qualquer forma, é inegável: uma das maiores vontades do ser-humano é de alcançar a riqueza. E o dinheiro é um instrumento infalível para se chegar até lá. 

Casamento: dicas para o casal quitar as dívidas e melhorar o relacionamento

Dinheiro, reais
Dinheiro, reais
Dinheiro, reais

O problema é que enriquecer não é fácil. Não basta “trabalhar o bastante”, ou esperar aumentar apenas os seus ganhos mensais. O enriquecimento se trata também de comportamentos. 

Juntando estes comportamentos, temos um resultado: existem 2 formas de ficar rico.

E, se você deseja ganhar dinheiro e ficar rico algum dia, você precisa ter em mente que terá que adotar essas 2 formas em algum momento da sua vida. São elas: 

Primeira forma: Ganhando mais do que se gasta 

Pode parecer óbvio, na realidade, até ridículo de se dizer, mas na realidade não é tão simples assim. 

Acontece que, ganhar mais do que se gasta implica em uma virtude muito importante: a  virtude de produzir e gerar valor.

É o tipo de forma adotada pelos empreendedores de sucesso, por exemplo. O empreendedor bem-sucedido dificilmente vai ser aquele cara que vai focar os seus esforços em economizar dinheiro. Na realidade, a mentalidade de um empreendedor tem que ser sempre em transformar os seus gastos em gastos inteligentes, que produzam alguma coisa. 

Por isso, você dificilmente verá um empreendedor gastando pouco. Inclusive, você pode até ver um empreendedor gastando valores que ele não tem em mãos. Mas é um fato de que a mente dele está ligada em fazer os seus ganhos serem cada vez maiores que os seus gastos. 

Há um exemplo desse tipo de pessoa que, inclusive, é brasileira: o Flávio Augusto. 

Flávio Augusto é um empreendedor brasileiro, fundador da WiseUp e proprietário do Orlando City Soccer Club, um clube de futebol dos Estados Unidos. 

Ele não é o tipo de pessoa que você vê economizando todo o seu dinheiro. Ele investe o seu dinheiro naquilo que acredita que vai dar valor, e toma o risco. E é por fazer isso tão bem que ele é um dos empreendedores brasileiros de maior sucesso. 

E o Orlando City é um próprio exemplo disso. Ele investiu no clube quando o futebol ainda não era um esporte tão popular nos EUA, e hoje colhe os frutos da virada de popularidade em que o esporte teve nas terras americanas. 

Se engana, porém, quem acredita que esse é um caminho simples, só de vitórias. 

É importante entender que o empreendedorismo não envolve só dinheiro. Na realidade, ficar rico com um negócio exige muitas vezes também que você aprenda a lidar com as falhas. 

Não é sempre que você vai acertar, e não é sempre que você vai ter lucros. O importante é sempre aprender com os erros e procurar por oportunidades de gerar valor. Entendendo isso, você estará muito mais preparado para atingir a riqueza.

Segunda forma: Gastando menos do que ganha 

A segunda forma, assim como a primeira, parece óbvia. Mas não é tão óbvia assim. 

Essa é a melhor forma para aqueles que não desejam ser empreendedores, ou não querem correr muitos riscos. É a forma da disciplina financeira, e não da geração de valor via negócios. 

Aqui, é importante entender que a riqueza vem a partir de um ato contínuo de disciplina com o seu dinheiro. É uma riqueza gerada a partir da paciência em economizar todos os meses e de investir esse dinheiro para o longo prazo. 

Leia também: Nove hábitos das pessoas ricas e bem sucedidas

Então, a diferença para a primeira forma é que, enquanto a primeira forma se concentra em gerar valor, a segunda se concentra em acumular patrimônio. 

E é importante dizer que, ao escolher acumular patrimônio, você vai ter que prestar atenção em duas coisas: em como economizar o máximo possível do seu dinheiro e onde aplicar os recursos economizados. 

Cofre com piscina de dinheiro que abriga 8 milhões de moedas na Suíça
Divulgação
Cofre com piscina de dinheiro que abriga 8 milhões de moedas na Suíça

O brasileiro ainda não tem uma educação financeira muito grande, e por isso mesmo ainda há muitas pessoas que pecam em acumular patrimônio. O brasileiro investe, mas não investe com estratégia. Não investe e nem gasta com inteligência. 

E uma pessoa que pode te ajudar a pensar diferente é o Luiz Barsi. 

O Luiz Barsi é hoje o maior investidor pessoa física da bolsa de valores brasileira. E é um cara que, desde a década de 60, se preocupa em gastar pouco e investir bastante.

Os seus gastos, mesmo com muito dinheiro, são apenas para o essencial, e o que ele ganha, muitas vezes, se reverte em compras na bolsa de valores. 

Só que a estratégia de Luiz Barsi é pensando exatamente nisso: ele não compra e vende ações, ele investe em ações de empresas promissoras. Foi assim que ele ganhou patrimônio.

Isso é importante de se dizer pois muitas pessoas tem a visão de que a bolsa de valores é lugar de onde se compra e vende ações toda hora. Muitos tem aquela imagem que filmes como O Lobo de Wall Street passam, mas que não são exatamente a realidade. 

Isso significa que você precisa comprar ações para se tornar rico? 

Longe disso. O Luiz Barsi é só um exemplo. 

Há outras formas de acumular patrimônio, e formas das quais você não precisa tomar riscos entrando direto na bolsa de valores. 

Leia também: O método sul-coreano de crescimento; e por que o Brasil deveria segui-lo

Você pode optar por previdência privada ou até mesmo o Tesouro Direto, que é ainda um dos investimentos mais populares para quem está começando. 

O grande segredo aqui é: independente do risco das suas operações, tenha uma estratégia que faça sentido. 

Para o Luiz Barsi, a estratégia foi a compra de ações de empresas promissoras. Para você, pode ser investir mensalmente em uma previdência privada. Aí tudo depende do perfil de investidor que você é, mas o principal é ter ciência que esse é um caminho que não te levará a ter dinheiro de forma rápida. 

É um caminho que exige tempo. Um tempo que, se bem administrado, traz resultados expressivos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas