Adolfo Sachsida receberá salário como ministro e conselheiro da Itaipu Binacional
Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado
Adolfo Sachsida receberá salário como ministro e conselheiro da Itaipu Binacional

O presidente Jair Bolsonaro (PL) nomeou o ministro de Minas e Energia, Adolfo Sachsida, para o conselho da Itaipu Binacional. O nome de Sachsida foi publicado no Diário Oficial da União nesta segunda-feira (18).

A participação do ministro no conselho deve durar até maio de 2024, com remuneração de R$ 27 mil. O vencimento dele como ministro de Minas e Energia, em torno de R$ 30,9 mil, deverá se somar ao novo cargo.

Sachsida assume uma das seis cadeiras de direito do Palácio do Planalto. Antes, o cargo era ocupado por Rodrigo Limp, presidente da Eletrobras. Segundo o DOU, Limp pediu demissão nesta segunda-feira.

Entre no  canal do Brasil Econômico no Telegram e fique por dentro de todas as notícias do dia. Siga também o  perfil geral do Portal iG

A Usina de Itaipu conta com 12 conselheiros, sendo seis brasileiros e seis paraguaios, além de dois representantes do Ministério de Relações Exteriores dos países.

Adolfo Sachsida assumiu o Ministério de Minas e Energia em abril deste ano após a demissão de Bento Albuquerque, que também compõe o conselho da usina. Sachsida foi indicado por Paulo Guedes, ministro da Economia e principal aliado, para conter as altas dos combustíveis.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários