Ações do Twitter caem mais de 7% após Musk desistir da compra
Lorena Amaro
Ações do Twitter caem mais de 7% após Musk desistir da compra

As ações do Twitter caem mais de 7% nesta segunda-feira (11) nas negociações de pré-mercado, após o bilionário Elon Musk recuar da proposta de compra da rede social por R$ 44 bilhões. 

As ações caíam 7,2%, para US$ 34,17, às 6h40, representando cerca de US$ 2 bilhões a menos em valor de mercado. As ações da Tesla Inc., a montadora de carros elétricos liderada por Musk, caíam 0,3%.

Entre no  canal do Brasil Econômico no Telegram e fique por dentro de todas as notícias do dia. Siga também o  perfil geral do Portal iG

Musk pagaria US$33 bilhões do seu próprio dinheiro para o fechamento do negócio e teria utilizado um empréstimo para cobrir a outra parte do negócio. A venda representava uma ação limitada por Musk, já que grande parte de sua fortuna é ligada às ações da Tesla, sua empresa de carros elétricos. O empreendedor também teria consiguido US$ 3 bilhões em ações do programa de espaço americano Apollo. 

A oferta feita por Musk previa pagar R$ 54,20 por ação. ) bilionário recuou da proposta alegando que a rede se negou a informar o número de contas falsas na plataforma. 

As ações também vêm caindo junto com o setor de tecnologia em meio ao aumento das taxas de juros.

A rede deve iniciar uma  batalha judicial contra Musk.

O Twitter avisou que lutará na Justiça para que Musk cumpra o acordo de compra. “O Conselho do Twitter está comprometido em fechar a transação no preço e nos termos acordados com Musk e planeja entrar com uma ação legal para fazer cumprir o acordo de fusão”, disse Bret Taylor, presidente do conselho, em um tuíte.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários