Lula criticou a possibilidade de uma CPI contra a Petrobras
Reproducao: Youtube
Lula criticou a possibilidade de uma CPI contra a Petrobras

O ex-presidente  Luiz Inácio Lula da Silva criticou nesta quinta-feira (23) a possibilidade de instauração de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar a Petrobras . A medida é defendida pelo presidente Jair Bolsonaro, mas  sofre para garantir as 171 assinaturas necessárias.

"Eles querem destruir a Petrobras a cada passo", disse Lula em entrevista à Rádio Difusora, do Amazonas. "O Bolsonaro não tem coragem, tem medo dos acionistas, tem medo que falem com Guedes, ele não quer mexer [no PPI]. Ele jogou a culpa nos governadores que podem aprovar [a mudança] no ICMS, que não vai reduzir os preços. A culpa é do governo".

"E agora quer fazer uma CPI para jogar a culpa nos outros. Deveríamos fazer uma CPI sobre as mentiras do governo dele", completou.

Entre no  canal do Brasil Econômico no Telegram e fique por dentro de todas as notícias do dia Siga também o  perfil geral do Portal iG 

Lula também criticou a alta da inflação e prometeu manter os benefícios para Zona Franca de Manaus em caso de eventual reforma tributária. 

De acordo com o pré-candidato ao Planalto, a CPI é tentativa de Bolsonaro de transferir para outros a responsabilidade da incapacidade de gestão.

 “Não temos um governo normal. Estão tentando aprovar a CPI da Petrobras, um absurdo porque a primeira coisa que ele tenta fazer é jogar a responsabilidade da sua incapacidade, diuturnamente, em cima dos outros”, disse na segunda-feira (21), durante ato de lançamento das diretrizes do governo da chapa Lula-Alckmin e da plataforma de recebimento de sugestões para o programa.

Se eleito, o ex-presidente promete acabar com a política de preços em paridade internacional, que obriga a empresa a reajustar os combustíveis de acordo com o preço do petróleo e da taxa de câmbio. 


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários