Renda dos mais pobres cai pela metade desde 2012
Wikimedia Commons
Renda dos mais pobres cai pela metade desde 2012

Nos últimos nove anos, os brasileiros, de todas as faixas de renda, empobreceram. Mas a perda foi muito maior entre os mais pobres. Na base da pirâmide social, entre os 5% mais pobres, a renda foi reduzida em 48%, ou praticamente à metade.

Entre no  canal do Brasil Econômico no Telegram e fique por dentro de todas as notícias do dia. Siga também o  perfil geral do Portal iG

E a perda foi significativa na virada de 2020 para 2021, uma queda de 33,9% em apenas um ano, muito por efeito do aumento da inflação e da redução nos valores pagos de Auxílio Emergencial.

Assim, as famílias mais pobres, que ganhavam em média R$ 75 mensais em 2012, viram este valor encolher para R$ 59 em 2020 e, depois, para apenas R$ 39 no ano passado.

Na outra ponta, o 1% mais rico da população brasileira teve perda de renda de só 6,9% desde 2012. Essas famílias ganhavam R$ 17.128 naquele ano, viram seu rendimento cair para R$ 17.033 em 2020 e, depois, para R$ 15.940 no ano passado.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários