Dia dos Namorados: preços de presentes podem variar em até 82,5%, aponta Procon Carioca
reprodução/ABC News
Dia dos Namorados: preços de presentes podem variar em até 82,5%, aponta Procon Carioca

As datas comemorativas movimentam o comércio e não seria diferente no Dia dos Namorados. Com o objetivo de orientar o consumidor em suas escolhas e mostrar que pesquisar preços em diferentes lojas é sempre a melhor alternativa para economizar, o Procon Carioca, instituto vinculado à Secretaria Municipal de Cidadania, da prefeitura do Rio, fez pesquisa em seis sites de grandes lojas e verificou o preço de 25 produtos, que são a preferência na hora de presentear.

O levantamento foi feito no dia 3 de junho, nos seguintes estabelecimentos comerciais: Magalu, Americanas, Casas Bahia, Amazon, Shoptime e Mercado Livre. A variação de preços vai de 7,14% a 82,5%, em alguns produtos.

Entre no  canal do Brasil Econômico no Telegram e fique por dentro de todas as notícias do dia. Siga também o  perfil geral do Portal iG 

Após a pesquisa realizada este ano para o Dia dos Namorados, o Procon Carioca observou que a mercadoria com maior diferença de preço de uma loja para outra é a Fritadeira Elétrica Mondial Air Fry AFN-40-BI 4L, que pode ser encontrada de R$ 287,07 a R$ 524,00.

No caso da máquina de café expresso Nescafé Dolce Gusto Mini Me Automática, foi encontrada diferença de preços de R$419,00 a R$729,99, o que representa 74,22% de variação. Outro item que chamou a atenção dos fiscais foi o Ar Condicionado Split Consul 9.000 BTU, com modificação de valor de R$1.359,00 e R$2.219,00, o que soma 63,28% de diferença.

Outro item muito procurado para presentear são perfumes. Nesse caso, o valor Carolina Herrera Good Girl Eau De Parfum Feminino 80ml alterna entre R$ 334,58 e R$552,89, ou seja, 65,25%, entre as empresas pesquisadas.

O diretor executivo do Procon Carioca, Igor Costa, ressalta que nas compras online, o consumidor deve somente atestar o recebimento após conferir o perfeito estado do mesmo, quando o produto for entregue em casa.

"Antes de concluir a compra, o consumidor deve se informar se a loja aceita trocas e verificar as condições para realizá-la. Essa informação é muito importante, pois as lojas não são obrigadas a trocar produtos sem defeito, simplesmente porque não agradou ou o tamanho não serviu ", orienta Igor.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários