PE: moradores poderão sacar FGTS em cidades atingidas pela chuva
Diego Nigro/Prefeitura do Recife/Divulgação - 30.05.2022
PE: moradores poderão sacar FGTS em cidades atingidas pela chuva

O presidente Jair Bolsonaro (PL) anunciou, nesta segunda-feira (30), que o governo federal vai liberar, por meio da Caixa Econômica Federal, o saque do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) para as  vítimas das chuvas em Pernambuco. Também informou que vai interromper por até três meses o pagamento de crédito por pessoas físicas e micro e pequenas empresas.

Entre no  canal do Brasil Econômico no Telegram e fique por dentro de todas as notícias do dia. Siga também o  perfil geral do Portal iG

Bolsonaro declarou ainda que, por meio do Ministério da Cidadania, vai disponibilizar a antecipação do pagamento do Benefício de Prestação Continuada (BPC), além de uma parcela no valor de um salário mínimo (R$ 1.212), para os atingidos. O presidente disse que o governo já havia garantido previamente R$ 1 bilhão para "restabelecer serviços essenciais e reconstruir estruturas danificadas".

Durante a comitiva de Bolsonaro em Recife (PE), o presidente da Caixa, Pedro Guimarães, já havia afirmado que iria liberar imediatamente o saque do FGTS para moradores de cidades atingidas pelas chuvas assim que o estado e o Ministério do Desenvolvimento Regional decretassem estado de emergência.

"Em todos os municípios que nós tenhamos a comunicação do estado e do MDR, nós faremos imediatamente a liberação do FGTS em até cinco dias e pausas de até três meses em todas linhas de crédito para pessoas físicas e micro e pequenas empresas. A Caixa fará todo os pagamentos, inclusive pelo celular. Mesmo que a agência esteja alagada, nós faremos o pagamento, nós faremos as pausas e nós daremos novos créditos com até seis meses de carência", declarou.

Hoje, o governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), informou que, ao todo, 14 municípios já decretaram situação de emergência: Cabo de Santo Agostinho, Camaragibe, Goiana, Jaboatão dos Guararapes, Macaparana, Moreno, Nazaré, Olinda, Paudalho, Paulista, Recife, São José da Coroa Grande, São Vicente Ferrer e Timbauba.

Também subiu para 91 o número de mortos  e 26 o total de desaparecidos, após fortes chuvas e deslizamentos de barreira que ocorrem em todo o estado.

Equipes da Polícia Rodoviária Federal atuam desde as primeiras horas de chuva na desobstrução de vias e auxiliam na busca e resgate de vítimas. O governo enviou 500 militares para trabalharem na remoção de escombros, transporte de pessoas e pacientes em situação precária e no restabelecimento do tráfego.

Bolsonaro também disse ter enviado técnicos do Ministério da Saúde para reforçar o atendimento na atenção primária e ações de vigilância.

"Nada é mais valioso do que aqueles que amamos e tudo que construímos com o suor de nosso trabalho. As chuvas em Recife e diversas cidades do PE têm causado perdas irreparáveis, mas estamos fazendo o possível para amenizar a dor de nossos irmãos, prestando todo apoio necessário", declarou o presidente pelo Twitter.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários