Empregos com carteira assinada crescem pelo terceiro mês consecutivo
shutterstock
Empregos com carteira assinada crescem pelo terceiro mês consecutivo

O mercado formal de trabalho registrou em março a geração líquida (admissão menos demissão) de 136.189 empregos, com resultado positivo pelo terceiro mês consecutivo em 2022. Apesar disso, o saldo representa queda de 11,23% em relação ao registrado em igual período do ano passado, que foi de 153.431.

Entre no  canal do Brasil Econômico no Telegram e fique por dentro de todas as notícias do dia

Apesar disso, o ministro do Trabalho e Previdência, José Carlos Oliveira, afirmou que o saldo já se aproxima da meta de geração de empregos neste ano,  estipulada em 1 milhão: "Penso que temos que comemorar".

Entre janeiro e março, foram abertas 615.173 vagas com carteira assinada contra 805.161 no mesmo período de 2021 - redução de 23,59%. Os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) foram divulgados pelo Ministério do Trabalho e Previdência, nesta quinta-feira (28). 

No período, os empregos foram puxados pelo setor de serviços, com saldo positivo de 433.001. A indústria de transformação ficou em segundo lugar com 109.673, seguida pelo setor da construção civil, com 100.487 vagas. Já o comércio eliminou 54.121 postos.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários