Valores a receber: BC adia rodada de saques do 'dinheiro esquecido'
Redação 1Bilhão
Valores a receber: BC adia rodada de saques do 'dinheiro esquecido'

A segunda etapa do Sistema de Valores a Receber (SRV), do Banco Central (BC), que seria liberada para consultas em 2 de maio foi adiada e não há nova data prevista para que entre em funcionamento. Com isso, não há previsão para novas consultas por "dinheiro esquecido". Esta fase permitiria a consulta e saque de cerca de R$ 4,1 bilhões.

A autoridade monetária informou na manhã desta quarta-feira (27) que a greve dos servidores o BC prejudicou o cronograma de desenvolvimento das melhorias do SRV.

Entre no  canal do Brasil Econômico no Telegram e fique por dentro de todas as notícias do dia 

A primeira etapa do SVR durou até 17 de abril. Nesta fase, estavam disponíveis para devolução R$ 3,9 bilhões para 28 milhões de pessoas ou empresas que tinham saldos residuais em contas-correntes, por exemplo.

Ela permitiu consultas a recursos que poderiam ter sido esquecidos em contas-correntes ou poupança encerradas com saldo disponível; tarifas e parcelas ou obrigações relativas a operações de crédito cobradas indevidamente, desde que a devolução esteja prevista em Termo de Compromisso assinado pelo banco com o Banco Central; cotas de capital e rateio de sobras líquidas de beneficiários e participantes de cooperativas de crédito; e recursos não procurados relativos a grupos de consórcio encerrados.

Leia Também

Depois dessa data, o sistema passaria por uma reformulação e voltaria a funcionar em maio sem a necessidade de agendamento e com novas informações repassadas pelas instituições financeiras.

O BC recomenda que mesmo quem não achou nada na primeira tentativa, consulte novamente o sistema após essa data.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários