PF se mobiliza e pode romper com Bolsonaro
Divulgação
PF se mobiliza e pode romper com Bolsonaro

O governo do presidente Jair Bolsonaro marcou uma reunião com representantes da Polícia Federal (PF) para tentar conter a crise com a categoria , de acordo com informações da coluna de Bela Megale no jornal O Globo. Segundo a colunista, a reunião acontece na tarde desta segunda-feira (18) com o ministro da Justiça, Anderson Torres, que também é delegado da PF.

A reunião se dá um dia antes da Associação Nacional dos Delegados (APDF) e da Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef), entre outras entidades, realizarem assembleias para decidir o que fazer diante da decisão do governo de não dar o aumento salarial exigido pela categoria. De acordo com a coluna de Bela Megale, uma ala da PF defende uma ruptura com Bolsonaro.

Entre no  canal do Brasil Econômico no Telegram e fique por dentro de todas as notícias do dia

Ainda segundo a colunista, a reunião com o governo teve a articulação de deputados federais que integram a base de Bolsonaro e são da PF. Sanderson (PL-RS), Delegado Pablo (União-AM), e Aluisio Mendes (PSC-MA) são alguns dos parlamentares que estão sendo pressionados pela PF para que a categoria tenha aumento superior aos  5% previstos a todos os servidores públicos federais - eles, inclusive, foram os responsáveis por comunicar as entidades representantes sobre a reunião.

A respeito das mobilizações das entidades, a Fenapef já havia orientados os sindicatos estaduais para que "estejam em estado de alerta, mobilização e prontidão, para os possíveis desdobramentos da próxima semana, que poderão incluir: deslocamentos a Brasília e/ou movimentos reivindicatórios nos respectivos estados".

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários