Consulta ao saque extraordinário do FGTS: app e site apresentam falhas
MARCELO CAMARGO/AGÊNCIA BRASIL
Consulta ao saque extraordinário do FGTS: app e site apresentam falhas

O site da Caixa Econômica Federal e o aplicativo do FGTS para consulta ao saldo do Fundo apresentam falhas nesta sexta-feira (8). Hoje, foi liberada a consulta do FGTS por meio de um novo app, para saber se o trabalhador tem dinheiro que pode ser sacado em uma nova rodada de saques, o chamado saque extraordinário.

Os trabalhadores com saldo no Fundo poderão sacar até R$ 1 mil a partir do dia 20 deste mês. Mas muitos estão encontrando dificuldade para verificar quanto têm nas contas vinculadas ao Fundo, devido ao elevado número de acessos ao aplicativo e ao site da Caixa.

Entre no  canal do Brasil Econômico no Telegram e fique por dentro de todas as notícias do dia

 Quem poderá fazer o saque extraordinário do FGTS?

Qualquer pessoa que tiver conta vinculada do FGTS, ativa ou inativa, poderá sacar.

Qual o valor máximo do saque extraordinário?

Cada trabalhador poderá sacar até R$ 1 mil, mesmo que tenha mais de uma conta vinculada do Fundo de Garantia.

O valor é limitado ao saldo que o trabalhador tiver em conta. Quem tiver menos de R$ 1 mil nas contas, vai sacar menos.

Como consultar o saldo do FGTS?

Será preciso baixar uma nova versão do aplicativo FGTS, disponível para download na Apple Store e na Play Store do Google.

Leia Também

No aplicativo, os trabalhadores com direito ao saque poderão:

  • Consultar o valor a ser creditado
  • Consultar a data do crédito na conta poupança social digital
  • Informar que não deseja receber o dinheiro que, neste caso, vai continuar na conta do FGTS do trabalhador
  • Solicitar o retorno do valor creditado para a conta FGTS
  • Fazer alterações cadastrais para a criação da conta poupança digital.

A consulta ao saldo pode ser feita ainda pessoalmente, no balcão de atendimento de agências da Caixa ou no site da Caixa.

No site da Caixa, é preciso informar o NIS (PIS/Pasep), que pode ser consultado na carteira de trabalho ou em algum extrato antigo que o trabalhador tenha, e usar uma senha cadastrada pelo próprio trabalhador.

É possível usar ainda a Senha Cidadão. A página oferece a opção de recuperar a senha, mas é preciso informar o NIS.

Quando o dinheiro pode ser sacado?

O crédito dos valores será realizado por meio de conta poupança social digital, o Caixa Tem, a partir do dia 20 de abril. Os saques serão permitidos até 15 de dezembro.

O governo federal divulgou o seguinte calendário, dividido por mês de nascimento:

Veja o calendário

  • Nascidos em janeiro recebem em 20/04;
  • Nascidos em fevereiro recebem em 30/04;
  • Nascidos em março recebem em 04/05;
  • Nascidos em abril recebem em 11/05;
  • Nascidos em maio recebem em 14/05;
  • Nascidos em junho recebem em 18/05;
  • Nascidos em julho recebem em 21/05;
  • Nascidos em agosto recebem em 25/05;
  • Nascidos em setembro recebem em 28/05;
  • Nascidos em outubro recebem em 01/06;
  • Nascidos em novembro recebem em 08/06;
  • Nascidos em dezembro recebem em 15/06.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários