Rodrigo Mussi
Reprodução
Rodrigo Mussi

O aplicativo de transporte “99 Táxi” mudou as diretrizes de conduta para motoristas e usuários após o acidente envolvendo o ex-BBB Rodrigo Mussi, que utilizava um carro da plataforma. Em comunicado, a empresa informou que “está ativa a possibilidade do motorista cancelar a viagem caso o passageiro se recuse a usar a proteção, sem penalidades ao condutor”.

Entre no  canal do Brasil Econômico no Telegram e fique por dentro de todas as notícias do dia 

Além disso, a partir das próximas semanas, “haverá um espaço dedicado para motoristas e passageiros reportarem viagens sem o uso do cinto de segurança”, e usuários que desrespeitarem as regras receberão “alertas educativos” e poderão ser bloqueados em caso de reincidência.

Participante do Big Brother Brasil 2022, Rodrigo foi internado, na madrugada da última quinta-feira (31), depois de sofrer um acidente de carro na Marginal Pinheiros, na capital paulista. Ele teve uma parada cardiorrespiratória, traumatismo craniano e ferimentos pelo corpo. O quadro do paciente é grave, mas estável.

O motorista do carro por aplicativo que levava o ex-BBB será ouvido novamente, nesta semana, no 51º Distrito Policial (DP), no Rio Pequeno, como informou o portal G1. Autoridades apuram o caso como lesão corporal culposa na direção de veículo automotor (quando não há a intenção de causar o acidente).

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários