Salário mínimo estadual sobe para R$ 1.284 em São Paulo
Redação 1Bilhão Educação Financeira
Salário mínimo estadual sobe para R$ 1.284 em São Paulo

A Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp) aprovou nesta quarta-feira (23) um projeto de lei que aumenta o salário mínimo estadual para as faixas 1 e 2 em 10,3%. 

Entre no  canal do Brasil Econômico no Telegram e fique por dentro de todas as notícias do dia

Para a faixa 1, o piso paulista passou de R$ 1.163,55 para R$ 1.284. A quantia é garantida para trabalhadores domésticos, serventes, motoboys, agropecuários, entre outros.

Já para a faixa 2, o mínimo subiu de R$ 1.183,33 para R$ 1.306. Ela abrange profissionais de higiene e saúde, operadores de estação de rádio e televisão etc.

Ambos os valores são maiores do que o salário mínimo nacional, de R$ 1.212.

Leia Também

O reajuste aprovado usou como base o Índice de Preços ao Consumidor (IPC), medido pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe).

A mudança passa a valer a partir do primeiro dia do mês subsequente à data da publicação da lei. O governador João Doria tem até 15 dias úteis após o recebimento para publicação no Diário Oficial.

Abono salarial dos servidores

Os deputados também aprovaram  um reajuste de 10% ao abono salarial pago a servidores públicos estaduais que têm remuneração abaixo do piso nacional vigente.

O abono será pago ao servidor com remuneração inferior a R$ 1.320 em jornada completa de trabalho (40 horas semanais); remuneração de R$ 990 em jornada comum (30 horas semanais); e de R$ 660 em jornada parcial de trabalho (12 horas semanais).

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários