Dólar
Redação 1Bilhão
Dólar

O dólar opera com queda ante o real no início desta quinta-feira (24). No pregão em que a guerra da Ucrânia completa um mês, os mercados monitoram possíveis anúncios de novas sanções contra a Rússia, enquanto, na cena interna, o destaque vai para a divulgação do Relatório Trimestral de Inflação (RTI) do Banco Central (BC)

Por volta de 09h50, a moeda americana tinha baixa de 0,64%, negociada a R$ 4,8129, após atingir a mínima de R$ 4,8009.

Entre no  canal do Brasil Econômico no Telegram e fique por dentro de todas as notícias do dia 

Na véspera, o dólar fechou no menor patamar em dois anos.

O real segue se beneficiando da elevação dos preços das commodities e do difrencial de juros locais em relação ao exterior.

No front geopolítico, o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, participa de reuniões com os líderes dos países da organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), da União Europeia e do G-7, em busca de apertar o cerco contra os russos.

Na falta de perspectiva para a resolução do conflito, os investidores ficarão atentos a possibilidade de novas punições à Rússia, especialmente, no mercado de energia. As sanções já pressionam os preços do barril de petróleo há semanas.

A commodity, inclusive, voltou para o patamar dos US$ 120 o barril na quarta-feira.

Estouro da meta

Na cena interna, os agentes de mercado repercutem as projeções do BC contidas no RTI.

O BC manteve sua previsão de crescimento para este ano em 1% e apontou dois cenários para a inflação em 2022. Em ambos, o índice de preços fica acima da meta estipulada para este ano.

Os dois cenários desenhados pelo BC consideram diferentes preços do barril de petróleo. No primeiro, o barril ficaria mais caro, acima dos US$ 118 dólares até 2023. Já no segundo, o barril terminaria 2022 em US$ 100 e aumentaria aos poucos no ano seguinte.

No caso do barril mais caro, a inflação ficaria em 7,1% em 2022 e 3,4% em 2023 e a probabilidade da acima do teto da meta seria de 97%, segundo o BC. 

No segundo cenário, considerado mais provável pela autoridade monetária, a inflação ficaria em 6,3% em 2022 e 3,1% em 2023, com probabilidade de 88% de estouro do teto da meta.

A meta é de 3,5% ao ano, com intervalo de tolerância de 1,5 ponto percentual para cima ou para baixo.

Leia Também

Caso seja confirmado, 2022 seria o segundo ano consecutivo em que o BC não consegue cumprir a meta de inflação.

Nos últimos dias, o Comitê de Política Monetária (Copom) sinalizou que o fim do ciclo de aperto monetário está próximo. As estimativas, especialmente para a inflação de 2023, devem ajudar o mercado a calibrar suas expectativas sobre o comportamento da autoridade monetária.

“[...] Através das suas projeções de inflação para ambos os cenários apresentados (A – o ‘alternativo’ do comunicado; e B – com a trajetória usual dos preços do petróleo), ao nosso ver, confirmou mais uma vez que o fim do ciclo de alta da Selic está próximo”, destacaram analistas da Guide Investimentos sobre o RTI, em nota matinal.

Petróleo tem leve queda

Os preços do petróleo apresentavam leves quedas, com a expectativa pelos encontros entre Biden e os líderes europeus. 

Por volta de 10h, no horário de Brasília, o contrato para maio do petróleo tipo Brent caía 0,21%, cotado a US$ 121,35, o barril.

Já o contrato para o mesmo mês do tipo WTI cedia 0,32%, negociado a US$ 114,56, o barril.

Bolsa de Moscou retoma negociações

As ações negociadas na Bolsa de Moscou tiveram forte alta no primeiro dia de negociações após quase um mês de paralisação. O último pregão havia ocorrido em 25 de fevereiro.

Os ganhos nos papéis de commodities compensaram as baixas de empresas como bancos e companhias aéreas.

O índice MOEX Rússia encerrou a sessão encurtada em alta de 4,4%, nesta quinta-feira, com o país tomando medidas para evitar grandes perdas, incluindo impedir que estrangeiros saíssem de ações locais e proibir vendas a descoberto para evitar uma repetição da queda de 33% vista no primeiro dia da invasão após a invasão da Ucrânia.

Apenas as ações que têm listagem primária na Rússia estavam ativas hoje. A negociação do índice RTS, em dólares permaneceu suspensa.

O governo disse em 1º de março que canalizaria até 1 trilhão de rublos (US$ 10,5 bilhões) de seu Fundo Nacional de Riqueza (NWF) para comprar ações russas abaladas por uma venda maciça no mês passado.

Na Europa, as bolsas operavam com direções contrárias. Por volta de 09h15, em Brasília, a Bolsa de Londres subia 0,16%. Em Frankfurt e Paris, ocorriam quedas de 0,21% e 0,11%, respectivamente. 

As bolsas asiáticas fecharam com direções contrárias. O índice Nikkei da Bolsa de Tóquio, subiu 0,25%. Em Hong Kong, houve baixa de 0,94% e, na China, de 0,63%.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários