Banco Central
Redação 1Bilhão
Banco Central

O presidente do Sindicato Nacional dos Funcionários do Banco Central (Sinal), Fabio Faiad, disse na manhã nesta segunda-feira (21) que o Boletim Focus, que reúne projeções de mais de 100 instituições financeiras, sairá com uma hora e meia de atraso por conta operação padrão dos servidores, que cobram reajuste de 26,3% no salário. 

O Boletim Focus, que normalmente sai às 8h30, sairá às 10h, informa a agência Estado. 

Entre no  canal do Brasil Econômico no Telegram e fique por dentro de todas as notícias do dia 

O Sinal realizará uma nova assembleia nesta terça (22) para costurar uma possível greve geral. A categoria cobra uma reunião com o ministro da Casa Civil, Ciro Nogueira, nos próximos dias. Os servidores também querem que o presidente do BC, Roberto Campos Neto, envie um ofício ao Ministério da Economia e ao presidente Jair Bolsonaro cobrando o reajuste.

O BC não comentou o atraso. 

Servidores aprovam greve por tempo indeterminado a partir desta quarta

Servidores federais  param "por tempo indeterminado" nesta quarta-feira (23) para cobrar um reajuste de 19,99% no salário. O Fonasefe (Fórum das Entidades Nacionais dos Servidores Públicos Federais) e a Fenasps (Federação Nacional de Sindicatos de Trabalhadores em Saúde, Trabalho, Previdência e Assistência Social) reivindicam o aumento acumulado dos últimos três anos, o arquivamento da PEC 32 (a chamada “reforma administrativa”) e a revogação da Emenda Constitucional 95/2016, do teto de gastos.

Na última quarta-feira (16),  servidores de todas as regiões do país ocuparam a Esplanada dos Ministérios  reivindicando melhores condições de trabalho e atendimento da pauta, mas acusa o governo de ignorar os pedidos de audiência. O Ministério da Economia não quis receber nenhum representante do Fonasefe ou estabelecer diálogo.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários