Rodrigo Pacheco sugere redução de impostos federais
Reprodução
Rodrigo Pacheco sugere redução de impostos federais

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, afirmou que o governo tem que fazer a sua contribuição para conter o aumento dos preços dos combustíveis e, eventualmente, conseguir reduzi-los. A declaração foi dada pelo senador pouco antes do início da sessão em que estão pautados os dois projetos que visam a redução do preço dos combustíveis.

"É muito importante nessas situações excepcionais nós temos a colaboração de todos. O Governo Federal tem que dar a sua parcela inclusive com redução de PIS e Cofins sobre diesel e sobre o gás de cozinha. É importante que haja isso pra poder fazer a contenção do aumento e, eventualmente, reduzir o preço", disse.

Entre no  canal do Brasil Econômico no Telegram e fique por dentro de todas as notícias do dia 

Segundo o parlamentar, com a alta do barril do petróleo devido à guerra na Ucrânia, o foco dos dois projetos agora será conter um aumento do preço dos combustíveis. As propostas, que tratam da mudança na cobrança do ICMS e da criação de uma conta de estabilização, tinha como objetivo inicial reduzir o preço do combustível.

 "Antes a gente tinha essa expectativa de uma redução de preço de combustível. Neste momento, com o aumento considerável do barril do petróleo, e dependendo também da variação cambial, que também influencia nisso, nós temos que fazer uma contenção do aumento" afirmou.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários